Revivendo os Anos 50: Márcia Tauil e Roberto Menescal Criam uma Releitura de Suingue e Química Musical (2024)

0 telefone

MÁRCIA TAUIL E ROBERTO MENESCAL DÃO LUZ AOS ANOS 50 EM RELEITURA COM HISTÓRIA, SUINGUE E QUÍMICA MUSICAL

Roberto Menescal e Márcia Tauil, ao lado de um excelente trio com Adriano Giffoni no baixo, João Cortez na bateria e Adriano Souza ao teclado, totalmente em sinergia com a dupla, revigoram o clássico da carreira de *Menesca* “Telefone/Sambop” e lançam o single nas plataformas de streaming de música (Spotify, Amazon Music, Deezer e outras) pela Mins Música nesta sexta-feira, 23/02/2024.

No single (pot-pourri), os tuéns tuéns e trins trins do aparelho com fio, da letra de Ronaldo Bôscoli para melodia de Roberto Menescal, são, no mínimo, curiosos, para a geração tecnológica atual. Musicalmente, as onomatopeias conduzem um balanço delicioso, coesas com o ritmo da canção. Genialidades e picardias que marcaram a obra de Bôscoli como letrista.

Gravado anteriormente por Claudete Soares, Leny Andrade, Os Cariocas, Wanda Sá, entre outros, além da intrigante gravação do grupo As Vedetes, em 1964, pela gravadora Nilser, há ainda o mistério se são vozes masculinas em rotação alterada que gravaram a faixa. Há quem se arrisque a dizer que ali estão as vozes de Ed Lincoln, Orlandivo e Durval Ferreira, autor da canção SAMBOP, que completa o single, composta em 1958, em dupla com Maurício Einhorn. E diga-se de passagem: a primeira canção composta pela dupla.

Sambop casa-se com Telefone de maneira natural em arranjo competente de Menescal e pela voz suave e flexível de Tauil, considerada por muitos *a voz do afeto*, característica observada primeiramente pelo escritor e produtor musical Ruy Godinho, ou *o doce que canta*, frase do próprio Menescal.

Uma Curiosidade Adicional: Este Single Foi Gravado Há 10 Anos, Também em Fevereiro!

A dupla vem lançando outras obras gravadas recentemente e se deu conta que esse momento tão especial para ambos ainda não havia sido lançado nem em material físico, tampouco no digital, quando o A&R da gravadora, Marcelo Cravo, comentou do acervo que já existia dos dois artistas em conjunto e citou esta gravação perguntando se gostariam de levar para as plataformas musicais. Claro que a resposta foi positiva.


Um vídeo, captado e editado por Paulo Thomaz, durante as gravações, já pode ser visto no YouTube pelo link:

Desfrutem!

Telefone /Sambop
(Roberto Menescal e Ronaldo Bôscoli /Durval Ferreira e Maurício Einhorn)

Tuém tuém, ocupado pela décima vez
Tuém, telefono e não consigo falar
Tuém tuém, tô ouvindo há muito mais de um mês
Tuém, já começa quando eu penso em discar
Eu já estou desconfiado
Que ela deu meu telefone pra mim
Tuém tuém, e dizer que a vida inteira esperei
Tuém, que dei duro e me matei pra encontrar
Tuém tuém, toda lista quase que eu decorei
Tuém, dia e noite não parei de discar
E só vendo com que jeito
Pedia pra eu ligar
Tuém tuém, não entendo mais nada
Pra que que eu fui topar?
Trim trim, não me diga que agora atendeu
Será que eu, eu consegui agora encontrar
A moça atendeu
"Alô"

Sambop
Eu mostrei pra você
Como é o bop
E você já esqueceu como é que eu fiz
Tem mania de cantar samba quadrado
E é por isso que me faz tão infeliz
Melodia vem do coração
Com o amor vem a inspiração
Eu vou tentar de novo explicar
Pam-padam-pabadabadabadam...
Vê se aprende a cantar
Que eu voltarei a lhe adorar


- ficha técnica -
Márcia Tauil (voz) | Roberto Menescal (arranjo, guitarra e voz) | Adriano Giffoni (baixo) | João Cortez (bateria) | Adriano Souza (baixo) | Produção musical, gravação, mixagem e masterização: Márcio Menescal / Estúdio O Barquinho – Rio de Janeiro/RJ | Fotos e Vídeo: ©PauloThomaz | Capa: ©FredBrasiliense |Selo: Mins Música | Formato: single digital | Ano: 2024 | Lançamento: 23 de fevereiro |
****
Fonte: Marizan Fontinele

Articles View Hits
11364145

We have 1162 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro