RINGO STARR: «OS BEATLES ERAM PUNKS» (2011)

Ringo Starr: «Os Beatles eram punks»

Ringo Starr assume no documentário sobre George Harrison que os Beatles eram punks.

10 out. / 2011 - Em «George Harrison: Living In The Material World», de Martin Scorsese, o baterista defende que «os Beatles eram punks» que «gravavam, passavam na rádio, paravam o carro e iam para o concerto». O filme é hoje editado.

O projecto foi supervisionado pela viúva de Harrison, Olivia. Contribuem Eric Clapton, Terry Gilliam, Eric Idle, Paul McCartney, Yoko Ono, Phil Spector, Ringo Starr e Jackie Stewart.

Première de filme sobre George Harrison reúne McCartney e Ringo

Ex-Beatles participaram de sessão neste domingo, em Londres, com presença de Scorsese

iG São Paulo |

 
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
 
 
corrigir
* campos obrigatórios
 

3 out. / 2011 - Paul McCartney e Ringo Starr se reuniram neste domingo (2) em Londres para a première de "George Harrison: Living in the Material World", documentário sobre o ex-Beatle dirigido por Martin Scorsese.

 

Foto: Getty Images

O mais próximo de uma reunião dos Beatles: Paul McCartney, Yoko Ono, Olivia Harrison e Ringo Starr

Além dos dois Beatles vivos, estiveram presentes ao evento Olivia e Dhani Harrison, viúva e filho de George, e Yoko Ono, viúva de John Lennon. O documentário também teve uma sessão especial em Liverpool, terra natal da banda.

"Toda vez que vejo algo sobre George as memórias voltam com clareza", disse McCartney. "Ele era meu colega de ônibus escolar, tenho ótimas recordações. Ele é muito querido por todos nós", completou.

Martin Scorsese disse que sempre sentiu uma certa conexão com Harrison. "Sua música tratava de temas que me interessavam", comentou. "O trabalho de Harrison me confortava e me deixava esperançoso. Eu era fascinado por ele."

Também estiveram presentes na sessão em Londres o produtor dos Beatles George Martin, Noel Gallagher, o comediante Terry Gilliam, o guitarrista dos Rolling Stones Ronnie Wood e a primeira mulher de Harrison, Pattie Boyd.

Além dos dois ex-Beatles vivos, "Living In The Material World" trará entrevista com importantes figuras da cultura pop, como o guitarrista Eric Clapton, o produtor Phil Spector, Yoko Ono e os comediantes Terry Gilliam e Eric Idle, do Monty Python (Harrison foi um dos produtores responsáveis pelo lançamento do filme da trupe "A Vida de Brian"). Scorsese também teve acesso a vídeos caseiros inéditos do arquivo de Harrison.

"Living In The Material World" será exibido primeiro no canal de TV a cabo norte-americano HBO. Além do filme, será lançado um livro escrito por Olivia, com fotos e cartas do músico. Harrison morreu no dia 29 de novembro de 2001, vítima de um câncer no pulmão.

 

Documentário revela lado conquistador de George Harrison
DA BBC BRASIL

5 set. / 2011 - Em meio a revelações e imagens inéditas, o documentário de Martin Scorsese sobre George Harrison revela um lado conquistador do que era considerado o mais "quieto" dos Beatles, segundo a imprensa britânica.

A viúva de George, Olivia Harrison, produziu "Living in the Material World" junto com o diretor e fala sobre os "desafios" de seu casamento.

"Ele gostava de mulheres e as mulheres gostavam dele. Se ele te dissesse apenas algumas palavras, isso teria um efeito enorme", disse ela.

"Portanto, era difícil lidar com alguém que era tão amado."


Recompensa

Olivia disse que o segredo de seu longo casamento (1978-2001) foi aguentar os "desafios", que ela chama de "soluços".

"Você passa por desafios em seu casamento e o que descobri foi isso: a primeira vez que tivemos um grande soluço no caminho, passamos pelas coisas e percebemos: 'há uma recompensa no final'", diz ela.

"Existe essa recompensa incrível porque você sente que viveu mais e se desvencilhou de algo", afirma, acrescentando que ela e George partilhavam um forte interesse em meditação.

Paul McCartney também fala do gosto de George por mulheres.

"Não quero dizer muito porque ele era um companheiro. Mas ele gostava de coisas que os homens gostam. Ele tinha sangue quente", diz Paul.

O documentário mostra que, além da imagem de pessoa espiritualizada, George tinha um senso de humor cáustico, era perfeccionista com música e cultivava amizades longas e profundas.

Os produtores George Martin e Phil Spector dizem que Harrison era obcecado com a perfeição em relação a sua música.

"Perfeccionismo não era a palavra, a coisa ia além disso", diz Spector, que produziu "All Things Must Pass", seu primeiro álbum solo.

"Living in the Material World" tem data prevista de lançamento mundial para 10 de outubro.

g_harrison

Assista  ao trailer do documentário

 

Filme de Scorsese sobre George Harrison já tem trailer

Documentário sobre beatle será lançado este ano no Festival de Cinema de Nova York e foi produzido especialmente para a TV americana
 
 23 ago. / 2011 - O primeiro trailer do documentário "Living the Material World: George Harrison", sobre a vida do ex-beatle, dirigido pelo cineasta Martin Scorsese, foi divulgado nesta terça-feira. O filme será exibido pela primeira vez no final de setembro, no Festival de Cinema de Nova York, e nos dias 05 e 06 de outubro, em um canal pago de TV nos Estados Unidos.

Scorsese, assumido admirador do ex-guitarrista, que foi um dos fundadores dos Beatles, recorreu aos arquivos pessoais de Harrison, morto em novembro de 2001, vítima de câncer, com ajuda da ex-mulher do músico, Olivia Harrison. Fotos, fitas, filmes caseiros, cartas e gravações incluem o rol de material pesquisado, além de entrevistas com Paul McCartney, Eric Clapton, Yoko Ono e o produtor Phil Spector.

"Living the Material World: George Harrison" foi produzido por Nigel Sinclair, com quem Scorsese trabalhou no filme "No Direction Home", filme sobre a carreira de Bob Dylan.

georgeharrison
Assista  ao trailer do documentário

georgeharrison

George Harrison na famosa foto encartada no
'White album' (Foto: Photo12)

arquivos doprópriobol$o 


Longa mostrará imagens inéditas de George Harrison

  Documentário sobre George Harrison estreia este ano, diz viúva do cantor


Segundo Olivia Harrison, data da première será 'anunciada em breve'.
Dirigo por Martin Scorsese, longa mostrára imagens inéditas do ex-beatle

 Do G1 RJ

13 jun. / 2011 - "Living in the material world: George Harrison", documentário dirigido por Martin Scorsese sobre a vida do ex-beatle, vai estrear nos cinemas ainda este ano. Quem adiantou a novidade foi a viúva do músico, Olivia Harrison, em entrevista ao jornal norte-americano "Los Angeles Times".

"Devemos anunciar a data da première em breve, mas será este ano. Vou assistir ao filme novamente na próxima segunda-feira", disse Olivia à publicação na última quinta (9) em Los Angeles, durante a comemoração do 5º ano de exibição do espetáculo "Love", do Cirque du Soleil, em homenagem aos Beatles.

"Estamos realmente animados com o longa. Marty é um grande contador de histórias. Ele sempre encontra algo que você não espera", comentou, elogiando o trabalho de Scorsese.

Esta não é a primeira experiência do cineaste à frente de um documentário musical. Em 1978, o diretor registrou o último show da The Band, liderada pelo cantor e guitarrista Robbie Robertson, no filme "The last waltz". Quase uma década depois, dirigiu o videoclipe da canção "Bad", de Michael Jackson. Em 2005, retratou a fase inicial da carreira de Bob Dylan em "No direction home". Há dois anos, filmou duas apresentações dos Rolling Stones no Beacon Theater, em Nova York, que originaram "Shine a light".

Ukulele

"Living in the material world: George Harrison" ("Vivendo no mundo material", em tradução livre) mostrará imagens inéditas da vida do guitarrista e de sua mulher da época dos Beatles até sua morte em 2001, aos 58 anos — Harrison foi vítima de um câncer.

De acordo Olivia, o filme vai dar destaque ao fascínio de Harrison com o ukulele, espécie de cavaquinho havaiano que sempre acompanhava o guitarrista. E algumas destas cenas serão enviadas, em primeira mão, a uma pessoa especial.

"Tenho um pequeno vídeo de George... posicionamos uma câmera em sua direção enquanto tocava o instrumento. Vou enviá-lo a Eddie Vedder", declarou Olivia, referindo-se ao vocalista do Pearl Jam e seu recém-lançado disco solo, "Ukulele songs". "Achei uma maravilha Eddie ter feito isso".

A viúva também declarou ser fã do músico havaiano Jake Shimabakuro, que ficou conhecido depois de postar no YouTube um vídeo com uma interpretação de "While my guitar gently weeps", acompanhado apenas do ukulele.

"Ele é um amor. Você já o conheceu? É como um pequeno pássaro. Terrivelmente doce. E um músico fantástico", concluiu.

 
Articles View Hits
7840177

We have 705 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro