Taylor Mead! Presidente dos USA!

Ladies and Gentleman! Taylor Mead! Presidente dos USA!*


83962434 

 Taylor Mead parece com um cruzamento entre um boneco cupido e Fred Astaire mal acabado. É uma caricatura natural que desempenha mal, apaticamente, quando se apresenta como homossexual.

 Ron rice e Vernon Zimmerman o conheceram em uma sessão de leitura poética em San Francisco, e ambos o puseram em seus filmes iniciais. Em “The Flower Thief”, de Rice, Mead desempenha um beatnick passivo, a roubar flores, rodando em um vagão por uma colina abaixo e aparecendo em melodramas caricatos. Em “Lemon Hearrts” (1960-61), de Zimmerman, ele faz todos os papéis, onze personagens diferentes, até mesmo propondo casamento a sim mesmo em uma cena. Zimmerman mais tarde utilizou-o em uma sátira sobre Holywood chamada “To L.A. ... With Lust” (1961-62), e Mead teve o papel principal em o jamais terminado “Queen of  Sheba Meets Atom Man”. Mead também apareceu, enquanto estava em San Francisco, em dois filmes 8 mm  de Bob Chatterton, “The Hobo and the Circus” e “Passion in a Seaside Slum”.

 Quando Andy Warhol foi para o oeste com Naomi Levine em 1963, Mead reingressou na produção como o Tarzan do primeiro longa-metragem de Warhol, “Tarzan and Jane Regained... Sort of”. Em Nova York apareceu em “Taylor Mead Dances” (1963), de lata marradas às pernas. Apareceu então em dois filmes semicomerciais, “Open the Door and See All the People” (1964), e o filme de Robert Downey, “Babo 73” (1964). No filme de Hill protagonizou o papel de lixeiro. No filme de Downey fez o papel do presidente dos Estados Unidos. Brendan Gil, em “The New Yorker”, notou que ele falava “como se tivesse a boca e a mente cheias de marshmallow”.

 

Retirado do livro Uma Introdução ao Filme Underground de Sheldon Renan
www.estantevirtual.com.br

 

Articles View Hits
7838057

We have 1675 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro