40 anos da morte de Oiticica: Bienal de São Paulo vai homenagear o artista

Bienal de São Paulo vai homenagear Hélio Oiticica
Por Ancelmo Gois / O Globo

16/01/2020 • 08:30
40 anos da morte de Oiticica

Hélio Oiticica (1937-1980), o genial artista plástico, será homenageado na Bienal de São Paulo, que vai 5 de setembro a 6 de dezembro de 2020, neste ano em que a morte do artista carioca completa 40 anos.

Numa tenda gigante, fora da Bienal, será montada uma performance inédita de Oiticica, A Ronda da Morte. Aliás, as homenagens a ele este ano não se restringirão à Bienal. O CCBB de Brasília tem uma exposição agendada e, em Nova York, os trabalhos do brasileiro ocuparão duas galerias da Allison Gallery.

Resumo

Carta para Martine. H.O. começa agradencendo remessa de cartas, fotos e um pulôver de inverno. Referência às mortes de Paulinho, pela polícia, e de Celso, amigo muito querido. Chocado com os acontecimentos, H.O. anuncia que pretende fazer um trabalho em homenagem a seus amigos que foram mortos. O projeto, intitulado A Ronda da Morte, consiste em um ambientre preto, lembrando um circo, com luzes estroboscópicas e música em seu interior, com pessoas dançando rock ou disco-music. Na parte de fora, cavalos dariam voltas em torno da área. Comenta em seguida as filmagens de Ivan Cardoso sobre seu trabalho. O documento está incompleto (apenas a primeira página foi encontrada). Em anexo: esquema rápido para o projeto A Ronda da Morte, que seria um Parangolé-área. (https://legacy-ssl.icnetworks.org/extranet/enciclopedia/ho/index.cfm?fuseaction=documentos&cod=706&tipo=2)

Articles View Hits
8516710

We have 505 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro