mq_1amq_0amq_0amq_per_amq_0amq_0amq_0a
Do Próprio Bol$o recebe mais de 103.000 visitantes!

100.000 visitantes! Quando penso na grandiosidade deste valor, um estádio cheio de gente, fico emocionado. Certamente, minha colaboração com Pacheco produziu frutos muito além das nossas expectativas.
Como tudo na vida, Do Próprio Bol$o é resultado de um processo que começou muitos anos atrás quando Pacheco ainda era um adolescente descobrindo Os Beatles.
De colecionador de discos, revistas e jornais para criador de fanzines e eventos esporádicos, para ele, foi uma transição natural e quase imperceptível. De forma inconsciente e precária, desde o princípio Pacheco já era um porta-voz da contracultura brasileira. Hoje, seu nome já não pode ser ignorado.
Seu desejo de divulgar e espalhar gratuitamente informação omitida pela grande mídia ou, simplesmente difícil de ser encontrada merece todo nosso apoio e suporte.
E, por falar em suporte, tempos atrás eu costumava receber via email umas matérias muito interessantes do Pacheco. Sempre ficava insatisfeito porque, se o "conteúdo" era muito bom, a "forma", a apresentação do texto era muito pobre. O site implorava por um Sistema de Controle de Conteúdo (Content Management System - CMS) sofisticado. Um sistema que permitisse que o redator tivesse completo controle quando escrevesse a matéria sem ter que preocupar-se com a complexidade do código das páginas.
Apesar da nossa distância, Pacheco em Brasília e eu em Londres, nos identificamos imediatamente, nossa amizade foi aumentando e, usando o conhecimento que adquiri durante muitos anos o novo site foi criado. Este novo site, em si, também não aconteceu do dia para noite. Para que Pacheco pudesse adaptar-se ao novo sistema de trabalho o site foi crescendo aos poucos e, posso dizer que, hoje em dia, está à pleno vapor.
Estou muito feliz por ter ganhado um bom amigo e também porque Do Próprio Bol$o abriu-me um espaço para que eu, também possa manifestar minhas próprias idéias políticas e culturais.
O site Do Próprio Bolso é como o próprio nome sugere resultado do esforço econômico e financeiro apenas de um homem, Pacheco Santos. Aqueles que o conhecem sabem das suas dificuldades e, sua luta para manter a "pedra rolando" (rolling stone). Seu site é fruto de muito amor, dedicação e idealismo.
Parabéns Pacheco!
Antonio Celso Barbieri

Mais de 100.000 visitantes! Quando penso na grandiosidade deste valor, um estádio cheio de gente, fico emocionado. Certamente, minha colaboração com Pacheco produziu frutos muito além das nossas expectativas.

Como tudo na vida, Do Próprio Bol$o é resultado de um processo que começou muitos anos atrás quando Pacheco ainda era um adolescente descobrindo Os Beatles.

De colecionador de discos, revistas e jornais para criador de fanzines, eventos esporádicos e finalmente como responsável pelo site Do Próprio Bol$o,  foi uma transição natural e quase imperceptível. De forma inconsciente e precária, desde o princípio Pacheco já era um porta-voz da contracultura brasileira. Hoje, ele colhe os frutos do seu esforço pessoal e seu nome já não pode ser ignorado.

Seu desejo de divulgar e espalhar gratuitamente informação omitida pela grande mídia ou, simplesmente difícil de ser encontrada merece todo nosso apoio e suporte. E, por falar em suporte, tempos atrás eu costumava receber via email umas matérias muito interessantes do Pacheco. Sempre ficava insatisfeito porque, se o "conteúdo" era muito bom, a "forma", a apresentação do texto, era sempre muito pobre. Seu site implorava por um sistema sofisticado de controle de conteúdo (Content Management System - CMS). Um sistema que permitisse que Pacheco tivesse completo controle quando escrevesse a matéria sem ter que preocupar-se com a complexidade do código das páginas.

Apesar da nossa distância, Pacheco em Brasília e eu em Londres, nos identificamos imediatamente, nossa amizade foi aumentando e, usando o conhecimento que adquiri aqui durante muitos anos o novo site foi criado. Este novo site, em si, também não aconteceu do dia para noite. Para que Pacheco pudesse adaptar-se ao novo sistema de trabalho o site foi crescendo aos poucos. Hoje, satisfeito, posso dizer que Do Próprio Bol$o está completamente funcional, à pleno vapor e, o mais importante, Pacheco agora está totalmente autosuficiente e com um site de qualidade internacional.

Estou muito feliz por ter ganho um bom amigo e também porque Do Próprio Bol$o abriu-me um espaço para que eu, também possa manifestar minhas próprias idéias políticas e culturais.

O site Do Próprio Bolso é como o próprio nome sugere resultado do esforço econômico e financeiro apenas de um homem, Pacheco Santos. Aqueles que o conhecem sabem das suas dificuldades e, sua luta para manter a "pedra rolando" (rolling stone).  Seu site é fruto de muito amor, dedicação e idealismo.

Parabéns Pacheco!
Antonio Celso Barbieri


Nossa seleção especial comemorativa!

 

 

 


 

 

 
Articles View Hits
8067155

We have 1236 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro