A TODOS (e não "TODXS") APRECIADORES DO POLITICAMENTE CORRETO LINGUÍSTICO E A TODOS INTERESSADOS EM GERAL (2021)


A TODOS (e não "TODXS") APRECIADORES DO POLITICAMENTE CORRETO LINGUÍSTICO E A TODOS INTERESSADOS EM GERAL

starscabeca
por Roberto Gicello

Se nós formos tentar refazer a morfologia do léxico e as normas da sintaxe, a partir do que prescreve o politicamente correto (modismo criado pela pós-modernidade para desviar a essência da sociedade de classes, principalmente no meio da classe média iletrada e filisteia), nós vamos ter de mudar praticamente todas as estruturas da língua (que se formou ao longo da História de maneira a acompanhar as necessidades que a sociedade criou para se comunicar entre os mais próximos geograficamente). O latim é uma língua falada (e escrita) pelos romanos - um povo fundamentalmente patriarcal e expansionista. Na idade Média, esta base misturou-se a outras línguas de grupos tribais também segregacionistas entre si (no nosso caso, na península Ibérica). E nós herdamos tais fundamentos linguísticos desta matriz - acrescentada de um viés afro-indígena. Se se for mexer em cada pedacinho deste mecanismo filológico, não vai restar pedra sobre pedra. Teremos que mudar nossa História para mudar nossa língua e agradar os que não têm noção do primordial. Não seria melhor (e mais fácil) ensinar a história e o porquê estas estruturas gramaticais chegaram a este ponto? Deixaríamos para as novas gerações as razões desta herança (tão profundamente presente na vida de cada um) e elas compreenderiam porque usam uma língua que privilegia, exclusões, sexismos, os patriarcalismos etc. ao invés de ficar tentando, presunçosa e inutilmente - de modo artificial - mudar todo arcabouço? A educação existe para isto. O que muda a língua é o povo, através dos tempos e não os inteligentinhos de uma época eivada de inteligentismos positivos e operantes.
O idioma, assim como outras categorias econômico-sociais, faz parte do que Marx definia como super-estrutura da sociedade de classe e não da infraestrutura - que é onde reside a essência da exclusão.

Articles View Hits
9502605

We have 1249 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro