É TEMPO DE FUMAR O CIGARRO DO FUTURO (2021)

 arcoirisd

É CHEGADA A HORA DE ACENDER O CIGARRO DO FUTURO

Em rápida análise, a produção cultural brasileira beira o ridículo. Não foi desenvolvido projeto de preservação. Não haverá comemorações de 50 anos dos anos de 1970-71. A cena não foi preservada. Não há como recuperar para as novas gerações algo inédito no cinema ou do estúdio de gravação. Não houve futuro. A estaca é zero. Sobra muito tempo para você sobreviver ao limbo, à paranoia. Vivemos a experiência de substituir a história por tecnologias imediatistas. Esse fenômeno é global.

TEMPO

A existência do tempo é marcada pela hora da cobrança: “Você não faz mais?”,
“Estou sem tempo!” Não há justificativa para a omissão do tempo para ler ou tresler. Há uma pressão para alimentar o mundo com vídeos chinfrins, esvaziados de sentido. A live sepultou as urgências mediatizadas. Há uma semana uma transmissão momentânea transmitida agora. É o videotape reencarnado, metido a atualizadão digital. Um passado rápido, sem efeito, e que cobra resgates. Continuações, descontinuações em pixels qual sinapses incandescentes, desdobramentos são os princípios das séries fílmicas, via streaming abruptamente serão encerradas sem desfecho. Hoje, o tempo avança, invisível, desvanecendo seu agora, como um espirro no cinema.

Articles View Hits
9502522

We have 1051 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro