Drummond no País do Futebol (Paulão de Varadero)


DRUMMOND NO PAÍS DO FUTEBOL

                                                VARADERO

 

“Mundo, mundo, vasto mundo”...

Em junho começa a Copa do Mundo

P’ra nossa sorte, ou desgraça,  poeta

Será o fim do mundo, Raimundo?

Só se fala,  o tempo todo, no assunto

Menino, moço, velho ou  defunto

Nada mais importa nesse mundo...

O país só respira  Copa do Mundo!

 

É o pão e circo romano, direto pela televisão

O futebol é o ópio da massa, o crack, a religião

Nada mais  importa, Prof. Felipão, nesse mundo

Que a merda “perfumada” da Copa do Mundo!

 

Dizem que vai aumentar o PIB.  É o progresso!

Vai aumentar o PAC, a bolsa-esmola , a inflação

Vai aumentar a fartura, o emprego, até o tesão

O salário de Neymar Jr e o preço dos ingressos

Não importa a violência, a droga, o fim do mundo

O que importa, poeta, é ganhar a Copa do Mundo!

 

 

“Brasil, ame-o ou deixe-o!” Dilma:

“A Seleção é a pátria de chuteiras!”

“O bolo tem que crescer, depois ...

Se divide o bolo com todo do mundo!

 

“Se eu me chamasse Raimundo, poeta

E jogasse na seleção, seria apenas rima

Não seria a solução!” É a puta verdade...

Grande Carlos Drummond de Andrade!

        

Articles View Hits
7620324

We have 567 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro