É LEI TOMBAR AO CHÃO: DO PRÓPRIO BOL$O 35 ANOS DE GESTAÇÃO DE IDEAL

2017
É LEI TOMBAR AO CHÃO: 35 ANOS DE GESTAÇÃO DE IDEAL
• Enlatado Blues • Antimácula • Red Zones • A.R.D • Sapiens • A Banda Mais Lama Da Cidade • Julimar Dos Santos & Jean Bov’arte (Grafite extraterreste) • Jam session (Weslei Lima) • Isabelle Prado (Cobertura fotógrafica)

252 b

Foto de Jenira Cruz

“O sol trincou ao som do rock! “ (Jenira Cruz)
“Sonzeira doida! Sábado quente!! (Katia Santos)

7 Jan. / 2017 - Sábado, 35 anos depois que eu comecei a tirar xerox de fanzine teremos a peça: Quatros Estudos Em Mi Menor com o power trio Antimácula. No cardápio solidário a estreia no Guará da confraria da Enlatados Blues; a Red Zones reassumirá o posto da banda mais barulhenta da casa (estou com um superamplificador valvulado), na sequencia o longamente aguardado show-embarque da A.R.D que um dia após a apresentação seguirá em escolta para o Aeroporto Internacional De Brasília. A Sapiens apresentará o mesmo show do final de ano no Museu Nacional com Hamilton “Zen” na bateria. A noite será fechada pelo rock psicodélico sulista d’A Banda Mais Lama Da Cidade.

A galera em uníssono falou que foi épico. Rápidos minutos passarão na tevê a cabo, no programa O Libertário. Não faltou nada aconteceu tudo até a correntinha de prata com o Buda desapareceu. Não seria retórica afirmar que o Underground compareceu em peso. Parecia uma filial do Conic que eu apelidei de Conic mirim e o Welber de Conic kids. Velhos jovens de barbas longas grisalhas com muitas histórias. Seu doutor dançamos e balançamos até as tantas e foi psicodélico.

252 enlatados
A luz do blues veio de Luziânia
A Enlatado Blues é um produto fino onde se mistura o blues com poesia com Clapton. A contrabaixista manda legal; Esio tem a segurança e vai desenrolando a bula do blues do Barão; Silvio Duarte no violão solo e Karlel na bateria são fraternais. Enlatado Blues trouxe a calmaria antes da tempestade.

252 antimacula b
Quatros Estudos Em Mi Menor Mais Um Compasso
Antimácula fez dois shows rápidos e curtos - e houve fogueira e guitarrada e o maior barato nossos filhos na casa dos 20 anos interagindo e começando a entender esses papais doidões é o que somos.

 

252 red zones
Red Zones: espancadores profissionais de tímpanos
A galera ficou chocada e hipnotiza e com a audição estuprada depois da apresentação da Red Zones, o show mais barulhento e para meu desespero alguém disse que da entrada do portão do condomínio dava pra ouvir. Respondi: rock serve pra isso.

252 red zones b
Não vou parar, não vou morrer, vocês excitam isso ou punhos levantados ao alto durante apresentação da Red Zones

 

252 ard
A.R.D voa alta
Pense numa mola mestra que arremessa uma bala. Essa bala atravessa várias superfícies.

O importante para uma banda são seus fãs que apareceram em massa até o clã Batista veio prestigiar o filho Gilmar. Que não abriu mão de um set longo.

Tocaram:  "Bala Perdida", "Death And Delusion", "Tsunami", "Eixão Da Morte", "Drogado", "Ace Of Spades", "Propaganda", "Demófagos", "Maggie", "Por quê?", "Morrer Punk" e "Sakmonella".

“O dia tão esperado chegou! Hoje começa a nossa jornada no velho continente congelado. Que tudo possa fluir na mais perfeita ordem, segurança e proteção divina. Não sei ao certo qual o sentimento que domina meu corpo, mas sei que não foi fácil chegar aqui! Só tenho a agradecer aos meus pais, ao meu amor, aos amigos e aos A.R.D que lutaram muito para que esse sonho se concretizasse. Que Deus nos guie e abençoe, obrigado amigos!” (Jean Flip, baterista)

252 Sapiens
Sapiens caiu na gandaia


“Os shows de ontem foram foda.” (Mônica Sobral)


252 A Banda Mais

A Banda Mais Lama Da Cidade é ovacionada

O doido é que virou um brechó mexicano com show do Chacrinha onde três doidos se contorciam e dançavam e também mais três outros fãs enlouquecidos filmavam e curtiam - foi louco parecia o cabaré da broadway - pô Mário não poderia ser mineiro? Acho que vocês perderam a oportunidade de pousar a nave em Júpiter - o momento teatral do show é quando o cantor começa a música “Transmission” lendo-a na tela do celular; clássico é o início com “Killing An Arabe” que havia sido banida das nossas festas por mais de 15 anos. É canção política? Tipo Dylan? É isso aí, o retrô, o recado, a constatação, a ideia e o parêntesis.
Banda Mais Lama agitou e saiu nos braços da galera. Meu primo que eu não via há 25 anos reapareceu!

Outro dia um apresentador me convenceu que o cinema poderia ser mais forte que a palavra. Agora eu digo a palavra e o cinema não são mais fortes que o rock (pode trocar o rock por música).

Eu classifico tudo isso como insano o antes o durante e o depois está sendo insano foi insano. Repito insano mesmo. No ápice da insanidade eu ando na cidade e jogo nas pessoas: - Você não foi!

252
E no rock teve arte e uma pequena admiradora! Maiara Santos

"Massa demais a Maiara Santos me deu a maior força na filmagem, me ajudou a carregar o tripé e ficou acompanhando as entrevistas....valeu pequena." (Magu Cartabranca)

Articles View Hits
6283541

We have 440 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro