Neuras Planetóides: quando o assunto é dinheiro!!!

neuras

Neuras Planetóides: quando o assunto é dinheiro!!!
(Mário Pacheco)


Uma ópera de vinténs do rock falando da ‘merda’ que o dinheiro faz com as relações humanas transformando-as em puro interesse

CD: ...quando o assunto é dinheiro!!!
Faixas:
1. Homens, Cyborgs, Mutantes
2. Toda babaquice que você é capaz quando o assunto é dinheiro
3. O pai do morro
4. Game over
5. O caviar Malthusiano
6. Parabéns
7. Setor Comercial
8. Medo de arriscar
9. Fazendo Sucesso
10. Afetos

Questionador. Blasfematório. Contestador. Tudo que o rock não deveria ter abandonado a troco de um trocado ou a fama relâmpago.

Neuras Planetóides é um quarteto de Brasília, cujos riffs às vezes lembram Black Sabbath e o ativismo do Rage Against The Machine, sua guitarra é crua e rápida e repleta de cromatismos – Por que esses grupos da tevê não fazem um som assim? Agradaria a indisciplina informada dos Neuras, conscientes do preço do sucesso?

A faixa de abertura Homens, Cyborgs, Mutantes expressa a polêmica evolução da humanidade: transformando-nos em clones modernos e bizarros a serviço da indústria dos grandes laboratórios cujas cobaias somos nós. É a falta de ética da ciência no embate não com Deus mas conosco mesmo. Toda babaquice que você é capaz quando o assunto é dinheiro é uma mensagem não machista, a tônica do disco, é impossível o ouvinte não fazer um retrato falado de pessoas próximas que cavaram o próprio buraco – aprendizes de estelionatário – moscas de bar.

As faixas O pai do morro e Game Over fazem analogias com outros pais dos pobres e aqueles que vivem de mesada são sentenciados ao velho jogo do quem por baixo mexe...

Repetem-se os inícios arrastados e pesados num som indigesto enquanto a burguesia devora seu caviar alheia ao cardápio dos excluídos, o favoritismo nosso de cada dia e a vista grossa nossa mesmo.

Parabéns repete o mesmo esquema dos bends de entrada e a bateria na seqüência, Jr. Camacho (Mindoim) discursa sempre na primeira pessoa, dando-nos congratulações pela nossa cumplicidade. Enquanto em Setor Comercial a vida se esvai na tela do computador .

Finalmente a melhor faixa do CD, Fazendo Sucesso, é a mensagem direta deste disco e de todos os produtos do meio, que utilizam adereços alheios como a imagem da mulher para auto-promover suas drogas e fazer sucesso e dinheiro.

Se o rock tem espírito convicção raça cor ou tudo é um preâmbulo da inocência, os Neuras Planetóides que não pretendem consertar nada nos lembram que rock é antes de tudo anti-establishment!

 

Articles View Hits
7843770

We have 702 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro