Miss Kell Kill quem é essa Dee Jay?

kingkell (1)
Quem é essa Kell Kill ? <This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it. >



A Musa (Quem é essa gata? (Kell Kill Mendoza?)
Sabemos que Kell Kill, começou a produzir eventos em março de 2008, como DJ nos principais eventos do gênero no Brasil.


Y (3)
Tudo começou no dia do seu nascimento...


Bandas que atuou...

1999 até 2003
Morffina
Gênero: Post Punk
Posto: Vocalista

Morfinna se iniciou em 1999, com o objetivo de fazer um som voltado ao pós punk europeu, com influências das principais bandas do gênero da Brasília da década de 80. Bandas que  inspiraram musicalmente: Siouxsie and The Banshees, Bauhaus, The Cure, The Sisters of Mercy, 5 generais, Arte no Escuro, Escola de Escandalos, Finis Afriacae entre outras.

Morfinna se apresentou em várias cidades satélites de Brasília como Gama, Taguatinga, Plano Piloto. Fora de Brasília tiveram a oportunidade de tocar em Goiânia saindo com resenha n'O Popular, jornal local da cidade.

Em 2000 lançaram um CD-demo com o nome de "Psico-demo" com 6 faixas: PsicopataOutono,  A noite,  Falsos ProfetasA insutentável Leveza do SerCores.

Y (4)
Youtube

Outono -

Psicopatahttp://www.youtube.com/watch?v=Or4zv6Xnwr8



2007 a 2009
Luíza Fria
Gênero: Post Punk/Deathrock/Gótico/Dark Cabaret
Posto: Vocalista

Luíza Fria nasceu em meados de 2007, de um convite obsceno durante uma festa. Para pacto se espalhou e se entortou até o estágio de decomposição: Kell Kill (vocal), Moiirah (baixo/guitarra), Luc (baixo/guitarra), Felipe Rodríguez (bateria). Na desenvoltura do estilo, houve um entendimento por parte dos membros: Deathrock e Post Punk serviram como principais influências compartilhadas.

Em termos de referência musical, há similaridades entre o trabalho de Luíza Fria e o de bandas tais quais 45 Grave, UK Decay, Bauhaus, Sex Gang Children, Virgin Prunes, Subtonix, Cinema Strange, Phantom Limbs, Crippled Ballerinas... Além de artistas como Edith Piaf e a satírica dupla interiorana dos anos 30, Alvarenga & Ranchinho.

E, como que em busca de uma resposta para a pergunta fundamental “Quem é Luíza”, o quinteto não tem pudores ao delirar em possíveis significados para o título que carrega, assim como estimular tal reflexão em conhecidos e desconhecidos. É com este mesmo espírito que a banda compõe seus absurdos – letras esdrúxulas e fantasiosas reveladas ao consciente e subconsciente alheio pelas vias musicais, visuais e performáticas. O mote: irreverência e esquisitice.

Ainda em 2007,  ano de nascimento, gravaram uma demo com o mesmo nome da banda com 5 faixas: LuzaDe Encontro com o MedoTelaCinzeiro e´a última Turbantes.

Se apresentaram em satélites  como: Taguatinga, Riacho Fundo e no centro do Plano Piloto.
Tiveram a honra de mostrar o seu trabalho na cidade de São Paulo em lugares como:
2008 - Hotel Cambridge - Espaço Tarsila (Víceras Festival)
2009 - Inferno Club (Carnaval no Inferno)
2009 - Show de despedida da banda - Hotel Cambridge

No período de sua existência, Luíza Fria arrastou muitos fãs pelo Brasil e nos dias de hoje cada tempo que se passa, mais fãs surgem. Sendo que muitos países da Europa conhecem o trabalho que a Luíza Fria deixou.

Participaram da coletânea Tributo de uma banda Americana lançado pelo selo francês chamado Zorch Factury com a faixa intitulada: I'm Tired of Life (TSOL Tribute)

My Space
http://www.myspace.com.br/luizafria
Outros links do Youtube

http://www.youtube.com/watch?v=XYpCD1viomA

http://www.youtube.com/watch?v=qIRS_ZdP1TA


http://www.youtube.com/watch?v=eBM9dGHKEjg


http://www.youtube.com/watch?v=lfnON4wKuwc


http://www.youtube.com/watch?v=1gdu53LgMvY

http://www.youtube.com/watch?v=u3BAjmbvugA

http://www.youtube.com/watch?v=LYelEO4agfY



2010
Kell Kill & Los Zumborrachos
Gênero: Post Punk/Deathrock
Posto: Vocalista

Em 2010, foi formada a banda Kell Kill & Los Zumborrachos, que fizeram apenas 2 apresentações, uma em Taguatinga e a segunda em Minas Gerais (São Thomé das Letras) no "Woodgothic Festival em 2011". Contaram com ajuda de músicos profissionais, como o Phélix da banda brasiliense 5 Generais e Ricardo Santos da banda paulistana The Downward Path.

Youtube
http://www.youtube.com/watch?v=dyJWUubQMCQ

http://www.youtube.com/watch?v=FtJkKcDdqhI



Fez participações especiais em bandas importantes da cena gótica brasileira como 5 Generais e Vitrine. Além de ter gravado o single com a banda inglesa Horse and Hattock intitulada Dead Eyes.

Links do youtube Participação com a banda 5 Generais no festival Rock na Veia 2009:
http://www.youtube.com/watch?v=yaWr3KLT9Js

http://www.youtube.com/watch?v=0wtBOweFODo

Links do youtube com a participação com a banda Vitrine no evento The Rocky Horror Picture Party:
http://www.youtube.com/watch?v=nukDIGG9Efw


Música Dead Eyes
Banda: Horse and Hattock
Gravado: 2012
Apresentado no programa Fadeout do DJ Cruel Britannia do Reino Unido:
https://soundcloud.com/fabio-hattock/kell-kill-horse-and-hattock-dj#play
kell (2)

DJ e Produtora de eventos na Noite Underground

Como Dj e produtora de eventos: Kell Kill, começou a produzir em Março de 2008 em Brasília, na cidades satélite de Taguatinga.

A DJ Kell Kill, tocou nos principais eventos do Brasil como:
- Via Underground (São Paulo), Projeto Ferro Velho (São Paulo), Convenção das Bruxas (São Paulo), Alquimia Gothic Nights (São Paulo), Woodgothic Festival (Minas Gerais), Distopia Oitenta e Dois (Rio de Janeiro), Capim Pub (Goiânia) e no Projeto Sangria (Belo Horizonte).

Realizou o "Lasciva Nociva" que é um evento focado na sonoridade que vai desde o Post punk oitentista até o Industrial. Realizou também diversos eventos trazendo à Brasília djs e bandas importantes da cena underground nacional. Há 1 ano, ganhou espaço na rádio web com o programa que usa o mesmo nome de seu projeto. Todas as terças das 21:00 às 23:00 horas, sendo também transmitido para o jogo Second Life. Em 5 anos de carreira em produção independente já produziu e tocou em mais de 200 festas.

Introduziu no Brasil, oficialmente e devidamente autorizado pelo fundador inglês Dj Cruel Britannia, no dia 22 de maio de 2012, o World Goth Day. No final de 2012 tocou em São Paulo em um evento Vampírico chamado Fangxtasy.

Realizou o sonho de discotecar no casarão mais famoso do Brasil, o Madame (Satã) Underground Club.

Ajudou na produção de um dos eventos realizados pelo poerão do Rock, Taguatinga Sombria em março de 2013, sendo convidada a iscotecar no lançamento oficial no Brasil do remake do Filme da década de 80 "Evil Dead" (A Morte de Demônio) em São Paulo.
kell (4)

DJ Kell Kill Mendonza
discotecando

"Quem é Kell Kill?" (Português): http://www.youtube.com/watch?v=XN6JtS64-oE

Who is Kell Kill? (Inglês): http://www.youtube.com/watch?v=u_0SibqmfbU

Primeiro World Goth Day no Brasil: http://www.youtube.com/watch?v=dyHi94Gdfko

Taguatinga Sombria: http://www.youtube.com/watch?v=Z3ej0_ve5vM&feature=youtu.be

Lançamento do filme Evil Dead (Morte do Demônio): http://www.youtube.com/watch?v=5xQajUd-0Y4

Coletânia de fotos DJ Kell Kill: http://www.youtube.com/watch?v=CQT9u8ziZ3Y

Discotecagem no Inferno Club: http://www.youtube.com/watch?v=R2lsl_0xUO4


Link do teaser do segundo "World Goth Day Brazi"l: http://www.youtube.com/watch?v=SKrbDuzL4Ts

Programa "Lasciva Nociva", todas as terças-feiras das 21 às 23 horas, diretamente de Brasília pela rádio web: www.acidicinfektion.com
kell (5)
DJ Kell Kill rápida no gatilho e desconfiada

"Eu sou também produtora da banda Blue Butterfly".

"Virei DJ porque passei fome. Aprendi a apertar o play e pause sozinha".

"A cena gótica do Brasil começou aqui em Brasília, e preciso dar destaque. Quero ênfase no que estou fazendo pela cultura brasiliense".

"As principais bandas da cena gótica são brasilienses. A Legião Urbana apresentou o Post Punk para o Brasil. E surgiram Finis Africae, 5 generais, Arte no escuro, Pânico e Escola de Escândalo (New Wave)".

"Em Brasília naquela época, nem era usado o termo gótico e sim dark!".

"Todo gótico que se preze tem um pseudônimo".

"O sentimento amor é diferente da paixão, é por isso que não me apaixono mais, só apenas amo".

"A paixão é passageira querido, eu não me movo mais pelas paixões. Cada um tem de mim, aquilo que merece. "Amor é vida, a paixão é morte...".

“Me apaixonei inúmeras vezes e desapaixonei com facilidade também. As pessoas deveriam saber distinguir a diferença de seus sentimentos sem se entregar tanto... O Amor é um sentimento que se eterniza no universo...”.

Articles View Hits
7481486

We have 741 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro