1974, o CD
 
Recebi aqui em meu apê de Vila Isabel o CD
"1974" do grupo paulistano Apokalypsis com a seguinte dedicatória de seu líder/compositor/vocalista e baterista ZÉ BRASIL meu grande brother da Paulicéia Desvairada: "Joel Macedo - Vamos Salvar a Terra!"

É a versão revival em CD do lendário show do Apokalypsis gravado ao vivo por Pena Schmidt no Teatro Aquarius (SP) em 16 de dezembro de 1974.
O som é espetacular. A faixa inicial
"Liberdade" (de 13 min.) é um rock com levada de John Mc Laughlin que está entre as melhores coisas já gravadas nos anos 70. O Prandini arrebenta no sax, o Tuca no piano, o Edu Parada num baixo excepcional e o Zé muito bom na batera.

Na faixa
"Homo Sapiens" o estilo manifesto humanista de Zé BRasil tão presente em outros trabalhos dele salta aos olhos e o instrumental acompanha com dignidade.

Já em "
1974" a preocupação apocalíptica com o destino da raça humana e do planeta estava presente e agora soa como alguma coisa extremamente atual na travessia dos cavaleiros do apocalipse pelo Haiti.

Delicioso de ouvir o CD
"1974" é obrigatório para quem quer resgatar o vigor do rock brasileiro. É um libelo de indignação e esperança. Em "Vale a pena viver" o Zé confessa que crê e em "Amanhã" a flauta do Prandini nos faz viajar pela Califórnia dos anos 60 lembrando trechos do "The Turning Point" de John Mayall gravado nas colinas do Laurel Canyon.

A faixa da minha dedicatória
"Vamos Salvar a Terra" tem a delicadeza do Moody Blues mesclada com o roquenroll paulista dos 70 (a pauleira do Made etc.) e inclui um apelo quase bíblico deste Noé da Vila Clementino que é o Zé bradando da sua arca eletrificada para desentupir os ouvidos e os sentidos dessa geração entorpecida.
Corram atrás porque
"1974" é um disco imperdível!

 

Zé BRasil & Joel Macedo. Lançamento do "Albatroz", Livraria Cultura, São Paulo, 2008. Foto: Carlinhos Monteiro

Observação do Zé BRasil:
Além de Mahatma (grande alma), o Joel Macedo é meu profeta /escritor preferido. Carioca da gema, editor da Rolling Stone brasileira setentista, com o gaúcho Luiz Carlos Maciel, seu livro "Albatroz" é leitura obrigatória pra quem viveu, quer entender ou conhecer a contracultura dos anos 60/70 e seus desdobramentos na atualidade. Minha emoção ao tomar conhecimento da sua opinião sobre o "1974" foi um fato novo e inspirador na fase (derradeira?) que estou prestes a encarar na minha vida.

 
 

Joel Macedo lança o livro Albatroz em Brasília!
Aproveitei pra entrar no teu bolso e me divertir um pouco.
A gente faz coisa por fazer, sem querer fazer... e quando vê está feita. E a pior pergunta pra artista assim como a gente é: legal! Quando sai o próximo?
Que próximo, porra! Nunca penso no próximo, nunca tenho a menor idéia se haverá algum próximo. Quando acontece eu me surpreendo e fico chocando por anos. Não sou artistcoholic.
(Joel Macedo)

Imperdível, o livro "Albatroz" será lançado em Brasília neste sábado, 9 de jan. / 2010, a partir das 18h (até Meia Noite).
Local: Genaro Jazz Café - 114 Norte, Bloco A, Loja 60 - tel. 3273-1525
Avisem nossos amigos de Brasília, por favor avisem!
 
 
 
Arquivos do próprio bol$o
Em 2008, o "Albatroz" pousou na Paulicéia Psicodélica

por: Zé BRasil

          
A contracultura tomou conta de um canto da super/hiper/mega Livraria Cultura do Conjunto Nacional em São Paulo. O escritor/profeta/visionário Joel Macedo foi trazido pelo bico (ou vice-versa) do "Albatroz", seu ultimo livro, no começo de junho de 2008.

Um dos papas/pop do under/overground carioca desde os anos 60/70, quando escrevia para a edição brasileira da revista "Rolling Stone", Joel Macedo
http://www.orkut.com.br/Profile.aspx?uid=2272223921429997116 encheu de good vibes & old wisdom aquele segmento do tempo e do espaço paulistano. Atenciosa e amistosamente recebeu a imprensa oficial e a alternativa, gravou entrevista, abraçou amigos e fãs. Autografou vários livros que a moçada comprou na hora e recebeu rasgados elogios pelos que já tiveram a oportunidade de ler o "Albatroz" http://www.orkut.com.br/Community.aspx?cmm=43650956 

Na minha opinião é o melhor road book brasileiro que já li e recomendo do fundo do meu coração e do alto da minha mente essa viagem fantástica pelas estradas, festivais e cidades da Golden California dos anos 60.

Have a nice trip
, como a gente dizia naqueles anos incríveis.
     Zé BRasil.


 
Articles View Hits
7840246

We have 733 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro