CD: Zine Oficial Lança Coletânea Volume 1

 azineoficial

O Retorno do  Rock  Contestador de Brasília 

(Mário Pacheco)

CD: Zine Oficial Lança Coletânea Volume 1

Pedidos: Zine Oficial CD-R (24 bandas)

Parceiros: Kingdom Comics,  ME Estúdio e Gráfica MultArt

No princípio, o Rock Brasília soava assim; assim como? Antes da ação das gravadoras e editoras, da mídia, antes da limpeza  e dos tratos no estúdio expurgando o acne e  turbinando o som. Sempre achei o Rock Brasília meio esfacelado, desmontado e desconjuntado. Um fato ou dois unem a nação underground: o pouco caso dos políticos e os atestados de que na vida se não tomarmos cuidados e outras coisas ela pode ser tornar uma balela, uma notícia de jornal: Afinal: Ele sabia o quê? O que todos nós sabemos e cantamos nesta coletânea.

Fellipe CDC e Tomaz André, realizaram o projeto desde a seleção à arte final, e como num show o repertório começa pelo caminho indie, atravessa a punkadaria e numa antevisão do fim-do-mundo soltam bandas de metal clássico e Black-metal em inglês e português. Vamos às 24 bandas:

01 – Barbarellas - ameaçam reabrir o caso Mário Eugênio;
02 – Luiza Fria - relembra que o Cerrado também produziu Cold Wave;
03 – The Morffus - profeta Raulzito os inspira a andarem na contramão: a música continua na sopa (embalada);
04 – Trampa – Com valentia cantam Seu João música de quem não está sob contrato;
05 – Kábula – transformam em música a inquietude e descobrem o que há no fim da vida;
06 – Faces do Caos,  reinterpretam o clássico Anti-USA quando a pátria ainda tinha conta no FMI;
07 – Canibais – sob o ritmo contagiante nos alertam os porcos do poder querem nos destruir;
08 – Aversão – relata agressão militar que transforma o cidadão em saco-de-pancada. Cena atual nos tumultos envolvendo o Governo Podre do DF;
09 – X-Granito – Voltaram agora aos palcos, cantando uma marcha militar imperialista com sotaque ianque;
10 – Os Maltrapilhos – socam as cordas dos instrumentos e “que eles queimem no inferno...
11 – Prisão Civil – Em outra vez revelam os velhacos planos daqueles que querem determinar as regras do jogo;
12 – Perigo ao Poder –  Estampam em Estúpido Poder o que todos sabemos: somos governados por idiotas imperfeitos;
13 – Totem – sem “tropeços” se estabelece na estrada do hard rock com forte vocal e guitarras em tríades;
14 – Tekila Hell – em Push the trigger nos oferecem uma canção marcadamente heavy-metal ou seja clássica “um, two, three fire”;
15 – Black Bulldog – Serão eles grunge? Não Sei! Mas possuem potencial;
16 – Into the Dust –   Poderiam ser “Inspirados no Black Sabbath”;
17 – 7 Pele – acaba trazendo um momento engraçado e de reflexão: teria o diabo 9 dedos?
18 – Murro no Olho – podem deixar os nossos ouvidos roxos com tanta energia e toxicomania;
19 – Podrera – é uma banda veterana do Riacho Fundo II e ainda na ativa, haja garganta;
20 – Mob Ape – Sinistro um bando de primatas emigrados da Paraíba emitindo  grunhidos;
21 – Seconds of Noise – com mais de uma década na estrada continuam reafirmando que  Hell is here!
22 – Bruto – renova sua dupla de guitarras em Obscuro o próximo clip da banda;
23 – Moretools –  sua performance provoca arrepios e dores de ouvido;
24 – Device – gravou seu último ultimato em inglês: Kill you os próximos serão em português...

 Este é o mapa do  universo underground do Distrito Federal e Região do Entorno, para que a coletânea conseguisse uma homogeneidade maior, a fim de equilibrar os níveis e volumes de som, seria necessário desdobrá-la no mínimo em três outras coletâneas.

Num mundo setorizado entre o mybook, myface, myspace e myorkut e o youtube; Zine Oficial consegue colocar na nossa mão, um material que dificilmente conseguiríamos reunir baixando dos diversos sites das bandas. Essa é a vantagem oportuna desta coletânea. Até a próxima!

Articles View Hits
7840067

We have 768 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro