McCartney temeu pela própria vida após a morte de Lennon

 

Paul McCartney diz que temeu pela própria vida após morte de John Lennon

24 ago. / 2015 - Em uma entrevista publicada no site da revista americana “NME”, Paul McCartney contou que temeu pela própria vida após a morte de John Lennon, em 1980.

O ex-Beatle revelou que ficou em estado de alerta após o assassinato do amigo. McCartney disse que ficou dias aterrorizado com a notícia, principalmente depois de ver pessoas armadas avançando sobre a sua casa de campo, no sul da Inglaterra.

“Tinha uma pequena cerca, apenas para manter as raposas longe das galinhas. Eu estava em estado de alerta e quando olho para fora eu vejo alguém com uma arma, tipo um rifle de assalto”, lembrou. “Depois eu soube que era uma manobra militar”.

Além disso, McCartney disse que se sentiu frustrado com a percepção do público após a morte de Lennon. “Eu comecei a ficar frustrado porque as pessoas começaram a dizer que ele era ‘os Beatles‘. E o Ringo? E o George? Alguns anos atrás éramos todos iguais”, finalizou.
Fonte: Bol.com.br

Articles View Hits
7839984

We have 716 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro