ROLLING STONES VOLTAM A SER NÚMERO UM DE VENDAS EM QUASE 20 ANOS

AMÉRICA!

STONES NEW

Rolling Stones: novo disco marca recorde da banda nos EUA

Por Igor Miranda

14 dez. / 2016 - O novo disco dos Rolling Stones, Blue & Lonesome, estreou em 4° lugar nas paradas da Billboard, nos Estados Unidos. Foram comercializadas 120 mil cópias ao longo de sua primeira semana de lançamento.

A marca conquistada pelos Rolling Stones representa um novo recorde. O grupo é o único a emplacar 37 discos, de forma consecutiva, no top 10 da Billboard. A artista que chegou mais próximo deste feito é Barbra Streisand, com 34 álbuns.

 

LONDRES!
Rolling Stones voltam a ser número um de vendas em quase 20 anos
Fonte: http://dc.clicrbs.com.br/sc/noticia/2016/12/rolling-stones-voltam-a-ser-numero-um-de-vendas-em-quase-20-anos-8679458.html?pagina=2
 

9 dez. / 2016 - A banda Rolling Stones alcançou, nesta sexta-feira, o topo da lista de vendas na Grã-Bretanha pela primeira vez em quase 20 anos com seu disco Blue & Lonesome, uma homenagem às lendas do blues.

O disco da veterana banda britânica vendeu 106.000 cópias em sua primeira semana no mercado, tornando-se o segundo mais vendido em 2016 nos primeiros sete dias - apenas depois de Blackstar, de David Bowie.

"Estamos absolutamente felizes com o sucesso de 'Blue & Lonesome' no Reino Unido e em todo o mundo", disse o grupo, de acordo com a organização que faz a lista de vendas britânica, a Official Charts Company.

É o primeiro CD do grupo composto exclusivamente por versões de canções do blues de Chicago dos anos 1950.

"Este álbum é uma homenagem aos nossos artistas favoritos, gente que nos estimulou a fazer música, a razão pela qual formamos um grupo", disse o cantor Mick Jagger, que na quinta-feira foi pai de seu oitavo filho, aos 73 anos.

A obra contém canções de Little Walter, Eddie Tylor, Howlin' Wolf, Magic Sam, Jimmy Reed e Willie Dixon.

O grupo gravou o álbum nos estúdios British Grove, perto dos bares do oeste de Londres, onde começou a tocar nos anos 1960.

O último disco de estúdio dos Rolling Stones que alcançou o número um foi "Voodoo Lounge", em 1994, apesar de a reedição do disco de 1972, "Exile on Main St", ter sido número um em 2010.

Esta é a décima vez que a banda chega ao topo da lista.

 

ilustrada

STONES APTO
Exposição recria apartamento onde Rolling Stones moraram nos anos 60
DA ASSOCIATED PRESS

 
15 nov. / 2016 - Quando Mick Jagger estava reunindo ideias para uma exposição que pretende destacar as cinco décadas de carreira dos Rolling Stones, ele quis recriar o astral da banda em seus primeiros anos.

Então, ele contou com uma equipe para recriar o primeiro apartamento londrino que ele e seus colegas de banda compartilharam em 1961, incluindo louças sujas, garrafas de cerveja e discos de blues dispostos pelo local.

"Isso foi a coisa mais esquisita... O edifício continua lá – não é um prédio que foi derrubado ou coisa do tipo, fica bem na esquina de onde eu moro atualmente", disse Jagger. "Eu apenas me lembrei de como realmente foi", adicionou.

"Haviam muitos lugares como aquele no início dos anos 1960... Você não ia querer morar lá hoje", disse Charlie Watts.

Os Stones quase recriaram o estúdio de gravação, completo com instrumentos originais, para "Exhibitionism - The Rolling Stones", a exposição que estreou em Nova York neste sábado (12), após passar por Londres no início do ano. Ela inclui figurinos coloridos, caderno de composições de Jagger, o diário de 1963 de Keith Richards, o kit de bateria de brinquedo de Watts e diversas fotografias, de posteres a capas de revistas.


Exposição 'Exhibitionism - The Rolling Stones' retoma início da carreira dos Rolling Stones
"Nenhuma dessas coisas particularmente me fez chorar. Algumas me fizeram rir", disse Jagger sobre a memorabilia.

A exposição fica em cartaz até março de 2017. Algumas das peças são obras de Andy Warhol, Alexander McQueen e John Pasche, que desenvolveu o icônico logo em formato de língua.

"É como esbarrar em memórias por todo lugar que você olha", diz Richards. "Você vira a esquina [e fala], 'oh, foi ali onde deixei isso'. Seja uma guitarra ou uma peça de roupa, tudo faz cair a ficha em algum lugar".

Ronnie Wood, que se juntou ao grupo em 1975, disse que ele gostou de ver os "pequenos assuntos" pela exposição, e adicionou que uma de suas lembranças favoritas foi se juntar à banda para sua primeira apresentação pública –em seu aniversário.

"Eu tive que aprender todo o repertório anterior dos Stones para ficar pronto para subir ao palco no dia 1º de junho, meu aniversário, para meu primeiro show público com eles", disse, sorrindo.

Entre seus destaques, Richards disse, rindo: "Eu posso selecionar algumas poucas situações ruins, mas não vamos nos importar com elas, ao contrário, foi basicamente bom o tempo todo".

Os Stones vão lançar um novo álbum de blues, intitulado "Blue & Lonesome" no dia 2 de dezembro. Quando perguntado sobre os objetivos futuros da banda, Watts disse: "Continuarmos vivos acho que é a coisa principal no momento, ou acordar pela manhã".

 

Articles View Hits
6740685

We have 868 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro