AC/DC - BLACK ICE TOUR (LONDON, 2009)

whiplash.net | Novidades | AC/DC

AC/DC: Banda confirma que continuará sem Malcolm Young


Por Igor Soares | Fonte: Facebook AC/DC
Tweetar
Enviar correção| Acessos: 27599 | Comentários:
Nota publicada no site oficial da banda.

16 abr. / 2014 - Depois de quarenta anos de vida dedicados ao AC/DC, o guitarrista e membro fundador Malcolm Young se afastará da banda devido a um problema de saúde. Malcolm gostaria de agradecer às legiões de fanáticos pela banda ao redor do mundo pelo seu apoio e amor irrestritos.

O AC/DC pede que a privacidade de Malcolm e de sua família sejam respeitadas neste momento. A banda continuará a fazer música.


Fonte: Em 16/04/2014 | AC/DC: Banda confirma que continuará sem Malcolm Young  

 
AC/DC Ticket
Ingresso
 
AC/DC - Black Ice World Tour - London Concert
 
Londres. O telefone toca. É o Marcelo.
Barbieri: "Oi Marcelo. Tudo bem?"
Marcelo: "Ganhei dois ingressos para o show do AC/DC na próxima sexta-feira dia 26 de junho. Quer ir?"
Barbieri: "Você está brincando? Claro que quero!!! Fantástico! Obrigado mesmo pelo presente!"

 

Primeiro, um pouco de história

Com uma carreira durando mais de 3 décadas e sem mostrar sinais de que está perdendo o pique ou de que o fogo está baixando, a banda AC/DC, como eletricidade mesmo, continua provendo o mundo com sua força e energia.

Desde sua formação em 1973 a banda vendeu mais de 150 milhões de álbuns pelo mundo. Só nos Estados Unidos foram vendidos mais de 70 milhões de cópias. O seu primeiro álbum High Voltage foi lançado em 1975 mas seu campeão de vendagem só apareceu 4 anos depois com o álbum Black in Black. Cabe lembrar que foi no álbum Black in Black que AC/DC apresentou ao mundo seu novo vocalista Brian Johnson em substituição ao legendário Bon Scott falecido em Londres em 19/02/80, segundo se dizem, como resultado de um coma alcoólico.

Black in Black chegou ao primeiro lugar no Reino Unido e em quarto em USA onde, durante todos estes anos, acabou recebendo, pasmem, 22 álbuns de platina (Double Diamond Plus).

Eu gosto de tudo que banda fez mas, ainda recomendo Let There Be Rock, Blow Up Your Video e Fly on the Wall. AC/DC também assinou contrato para inclusão das suas músicas no jogo eletrônico Rock Band 2.

Black Ice

Seu novo álbum chamado Black Ice é excelente e trás a banda com um poder de fogo surpreendente. O álbum foi produzido por Brendan O'Brien e seu engenheiro de longa data Mike Fraser.

Certamente este lançamento é uma paulada na cara da comunidade roqueira mundial pois mostra claramente que não existe razão lógica para melar o rock. AC/DC continua fiel às suas origens e aos seus fãs fazendo um rock sem frescura, direto, bem feito e transmitindo aquele clima "on the road" que nós faz sentirmos vivos e com rock correndo nas veias.

A banda, nos Estados Unidos optou pela distribuição exclusiva do novo álbum através da cadeia Wal-Mart e, de cara, transformou-se no segundo maior lançamento deste ano vendendo mais de 750.000 cópias. lembrem-se que isto aconteceu num momento em que as gravadoras não param de reclamar da perda nas vendas por causa da Internet. Desde o seu lançamento Black Ice subiu aos primeiros lugares de vendagem em 29 países.

O primeiro single retirado do álbum chamado Rock'n'Roll Train foi nominado para a premiação do Grammy (O Oscar da música) na categoria de melhor "apresentação de um grupo de rock com vocais".

O sucesso de Black Ice pegou o vocalista Brian Jonhson de surpresa: "É demais! É difícil de aceitar! Acho que, até um cachorro velho, como eu, tinha algumas surpresas reservadas para esta vida!". Desabafou o vocalista.

AC/DC - Black Ice CD

Bom, trata-se de outro grande álbum para ser somado aos muitos outros que a banda já produziu. Como aconteceu nos álbuns anteriores certamente o ouvinte escolherá suas músicas favoritas. Se este, caro leitor, é seu primeiro álbum da banda, não demorará muito até que você saia atrás dos lançamentos anteriores.

Existe alguma coisa muito especial para uma banda ser capaz de produzir um álbum com tamanha qualidade depois de mais de 30 anos na ativa. AC/DC está com lotação esgotada em todos os shows que fazem e depois de presencia-los aqui em Londres ficou fácil entender porque. Bandas legendárias separaram-se, reformaram-se, separam-se novamente, reformaram-se com novos integrantes, etc. AC/DC não! Seus músicos estão tão fortes como banda, como sempre foram e, espero que fiquem assim para sempre!

Black Ice Track List

01. Rock'n'Roll Train - 02. Skies On Fire - 03. Big Jack - 04. Anything Goes - 05. War Machine - 06. Smash 'N' Grab - 07. Spoilin' For A Fight - 08. Wheels - 09. Decibel - 10. Stormy May Day - 11. She Likes Rock 'N' Roll - 12. Money Made - 13. Rock 'N' Roll Dream - 14. Rocking All The Way - 15. Black Ice.

Black Ice World Tour

Em 2000, a banda fez uma turnê de um ano passando por 17 países para divulgação do seu álbum Stiff Upper Lip. Desta vez, divulgando o álbum Black Ice, a banda fará uma turnê mundial de 18 meses.

AC/DC no Brasil!

O AC/DC anunciou oficialmente na agenda de seu site que virá ao Brasil para uma apresentação em novembro. Treze anos após a última passagem do grupo pelo país, finalmente os fãs poderão assistir os irmãos Young ao vivo novamente em um palco brasileiro.

Segundo o site oficial, por enquanto apenas um show está confirmado. A apresentação está marcada para o dia 27 de novembro no estádio do Morumbi, em São Paulo. Os ingressos começam a ser vendidos no dia 1º de outubro. Detalhes sobre valores e locais de vendas ainda não foram divulgados.

Esta será a terceira passagem do AC/DC pelo Brasil. O grupo tocou pela primeira vez em 1985, na primeira edição do festival Rock in Rio. Depois a banda voltou ao país em 1996, durante a turnê de divulgação do álbum Ballbreaker.

Fonte: Rock Online

 

Barbieri no show da banda AC/DC
Barbieri feliz como uma crianca!

O Show

O Wembley Stadium em si só já é um lugar legendário. Dois concertos que lá aconteceram, me emocionaram muito: Um contra o racismo na África do Sul e pedindo a libertação de Nelson Mandela e o outro a homenagem póstuma ao grande Freddie Mercury (Queen).

O estádio foi todo destruído para construção de um novo que resultou num belo projeto arquitetônico. Era a primeira vez que eu visitava o estádio depis da reconstrução.

Todos aqueles que já foram num show de rock sabem o que é ver um mar de gente se deslocando para o evento.

Não importa a cidade, não importa o país, aqui em Londres também, muita gente usava camisetas pretas da banda. Na entrada do estádio, a pedida, era comprar um par de chifrezinhos vermelhos piscantes para por na cabeça. Todo mundo estava usavando, homens, mulheres e crianças. Que satisfação ver que aqueles milhares e milhares de roqueiros eram, na maior parte, da minha geração. Muitos pais juntos com seus filhos ouvindo a mesma banda. Do cacete! Todo mundo num astral maravilhoso e todo mundo sabendo antecipadamente que iríamos presenciar um grande show de rock de verdade.

Marcelo e eu, entramos no estádio pelo lado de trás do palco e fomos contornando para vê-lo de frente. À principio, me pareceu um palco normal, não dava para ter uma idéia de proporção. Como o gramado já estava praticamente lotado, fomos buscar um lugar para sentar nas arquibancadas.

Sem chuva e um sol digno de um verão brasileiro, o consumo de cerveja era muito grande. Dos nossos lugares ficamos observando o desfile dos tipos mais radicais, exóticos e estranhos que são figuras freqüentes em eventos deste tipo.

Brian Jonhson
Brian Jonhson (foto de Kristin Callahan)

Inesperadamente, os telões do palco começaram projetar uma animação, o som era ensurdecedor. Uma locomotiva à vapor corria desenfreada. Dentro nos controles, enfrente da fornalha Angus Young, o guitarrista, com chifres e rabo vermelho, uma cara diabólica, ia pondo mais lenha na fornalha. O trem estava cheio de mulheres.  As gatas entraram na sala de controle da locomotiva, dominaram o Angus e começaram frear a locomotiva que perdeu controle e desencarrilhou ao mesmo tempo que várias explosões aconteceram no palco e uma imensa locomotiva apareceu desencarrilhada atrás da bateria ainda saindo fumaça pela chaminé e rodas. Para delírio da platéia a banda começou executar imediatamente a música Rock'n'Roll Train que é a primeira faixa do novo álbum. Só aí que percebi como o palco era monstruosamente grande. Bendito sejam os telões!

Angus Young and Brian Jonhson
Brian Jonhson e Angus Young (foto de Kristin Callahan)

 

Foram quase duas horas de pauleira, passando por todas aquelas músicas que os fãs esperavam ouvir. Não faltou a famosa strip-tease do Angus Young e, mais tarde, um solo de quase 20 minutos (se não foi mais!). Obviamente a mulherada também aproveitou a chance para mostrar os seios sempre que apareciam no telão. Estou até agora, com aqueles momentos maravilhosos na cabeça! Cantem comigo! Highway to Hell! Highway to Hell! Highway to Hell!

Roqueiros nas suas cadeiras de rodas
Roqueiros nas suas cadeiras de rodas junto com seus acompanhantes

 

Antonio Celso Barbieri

 

AC/DC All Access Pass
 

 

Articles View Hits
6323385

We have 616 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro