Swinging London

    

z636

 

Swinging London

por Mário Pacheco
Publicado na Revista Psicodélica "De quando o rock era contracultura" Volume 2

 

 
O teddy boy foi um estilo bem peculiar, pois aparece antes da explosão do Mersey Sound, para amedrontar a pontual sociedade inglesa. Sua elegância era incrível, no mais ortodoxo estilo eduardiano: jaquetão, gravata, colete, sapatos lustrados, muita brilhantina somente superada pela dos rockers. Foram os primeiros jovens trabalhadores ingleses a se vestirem como aristocratas. E, mesmo quando adotaram o rock, eles não perderam a classe. Os teddy boys ingleses só começaram a desaparecer em conseqüência de uma súbita mudança na composição dos bairros proletários ingleses. Ao final dos anos 50, chegaram os primeiros imigrantes negros, e os teddies não foram muito amistosos em relação aos novos vizinhos, mas uma dissidência de alguns garotos brancos que logo passaram a curtir o rhythm and blues, obscuros compactos de soul, discos raros da Motown e já dançavam ska e rocksteady, ritmos ligados ao ska, originaram os mods enquanto que os rockers viraram seus opositores.

Nessa altura, as tribos estavam definindo-se: os estudantes de artes, chiques, que gostavam de cool jazz, os rockers de casaco de couro, alucinados por rock’n’roll, e os mods. compunham a então chamada juventude transviada inglesa.

Cenário: os muros de tijolinho e as casas padronizadas dos subúrbio londrino de Shepherd’s Bush. Época: o comecinho dos anos 60. Personagens: os grupos rivais de mods (modernos) que gostavam mesmo de dançar e brigar para extravasar a energia das gramas de estimulantes ingeridos dia após dia. Inimigos dos rockers, adversários ferrenhos de jaqueta de couro e brilhantina. Os rockers andavam de motocicletas com roupas despojadas e gastavam seu dinheiro, basicamente, em drogas, e eram mais bem comportados, na linha do Mersey Beat que daria origem aos Beatles, Gerry and the Pacemakers, Dave Clark Five, entre outros.

Som: para o mod e suas lambretas cheias de espelhos, não havia grandes diferenças entre soul, ska, rock’n’roll, boogie-woogie - dando para dançar, era com ele mesmo. Quaisquer semelhanças com outra onda batizada de new wave não são acidentais, nem mera coincidência..

Ação: muitas brigas, depredações, vontade de sobreviver à incompreensão dos pais, tédio absoluto do mundo.

Brighton, um dos bairros londrinos onde eram realizado esses bailes, em 1964 passou para a história dos confrontos por ter sido o palco de uma briga generalizada entre mods e rockers. Esta cena, que os ingleses assistiram aterrorizados na época marcou o som de conjuntos como The High Number, pré-Who, The Pretty Things, Small Faces e até os Rolling Stones, autênticos mods na época do nascimento desses grupos pós-explosão do Mersey Beat, grupos de rua, verdadeiras patotas de esquina que protestavam contra o “sistema” através de um comportamento bem estranho: gastavam todo o dinheiro em roupas da moda, roupas que eram destruídas na primeira briga.

O que fazer para conseguir as roupas caras que o novo estilo exige? — Assaltar as latas de lixo da Carnaby Street!  Explicação: os alfaiates e as lojas de roupa jogavam fora qualquer terno que tivesse um botão estragado ou qualquer camisa que tivesse um pequeno defeito na costura. Mas as latas de lixo não conseguiam atender a demanda da elegância da crescente população mod. A maioria tinha mesmo é que trabalhar duro durante a semana a fim de se arrumar adequadamente no sábado e ir para um dos famosos bailes mods, que infernizavam a noite inglesa.

A pendenga de estilo persistiu até o nascimento da Swinging London. Ainda em 1965 nas entrevistas John Lennon responde a pergunta crucial: — És mod ou rocker? Lennon — Sou Mocker!

O lançamento pelos Beatles do LP "Rubber Soul" (note no título "Soul" a disposição lisérgica das letras, que seriam copiadas posteriormente) decretando a trégua e, no ano seguinte 1966, a Swinging London através de "Revolver" (posterior LP dos Beatles) reflete a cultura inglesa das drogas: um tempo para a revolução da minissaia de Mary Quant, a modelo Twiggy na capa da Vogue, filmes de James Bond e muitas canções.

"O quê os mods nos ensinaram foi como liderar e seguir ao mesmo tempo. Quer dizer era só dar uma olhada no salão e ver um sujeito parar de dançar a dança da semana e que por algum motivo começava um passo desajeitado. E você veria alguns dos outros envolta dele olhando disfarçadamente e pensando Será que é coisa nova?. E de repente eles mesmos, ignorando o primeiro sujeito, alguns deles começavam a dançar daquela maneira. E a gente olhava. Quando eles olhavam no palco novamente nós estávamos dançando aquela dança e eles achavam que o primeiro sujeito estava nos imitando. Na próxima semana eles voltam e nos procuram para novas danças" - (Pete Townshend).

 

 

Articles View Hits
7097513

We have 455 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro