Jimi Hendrix, a farsa se repete...

 quinta-feira, 18 de março de 2010

 

 



Olá a todos.

Antes de tudo: é realmente Jimi Hendrix no disco!!!!!!!

Nesta postagem irei repassar minhas impressões acerca do disco póstumo de Jimi Hendrix, Valleys of Neptune, lançado a 9 de março de 2010 nos EUA.

Quando soube alguns meses atrás deste lançamento, já desconfiei. Músicas inéditas? Bom, sou Hendrixmaníaco, do tipo que baixa todo e qualquer bootleg. Depois de 10 anos de downloads, cheguei a 13 GB em MP3 (cerca de 180 discos) e 33,5 GB em vídeos. Será que ainda restaria algo de novo a ser ouvido? Não que eu conheça de cor cada música que eu tenho, nem que eu tenha todas, mas ao ouvir "músicas inéditas", sei dizer se conheço ou não.

Pois bem, adquiri o novo álbum. Sem preocupar-me em descobrir se eram inéditas ou não, parei tudo e fui curtir o disco.

Na minha opinião, quando alguém me fala música inédita, as primeiras coisas que me vêm à cabeça são: melodia, harmonia, riffs, solos e letras que nunca ouvi antes na vida. Foi com este espírito que comecei a ouvir o disco.

A decepção começa com 7 nomes mais do que conhecidos da lista de músicas (12). Ou seja, sobrariam 5 "inéditas". Nem tanto.

Já vi postagens em outros lugares onde a veracidade das gravações é questionada: é mesmo Hendrix? Eu já afirmo que sim, é Ele em todas as faixas.

De posse de meus livros
Jimi Hendrix: Experience the Music, de Belmo and Steve Loveless e Jimi Hendrix: A Visual Documentary, de Tony Brown, rastreei todas as músicas apresentadas no disco. Apenas 2 não constam no primeiro. Mas também não são inéditas...

Abaixo, faixa a faixa, meus comentários, mais as evidências dos livros supracitados indicando datas e locais de gravação, nome e nº de série de cada lançamento(álbum).


1. Stone Free
Recorded: Record Plant, New York, April 7, 9, 14, May 17,1969
Producer: Jimi Hendrix
Vocal, Guitar: Jimi Hendrix
Bass: Billy Cox
Drums: Mitch Mitchell
Backing Vocals: Roger Chapman, Andy Fairweather Low

Classic Rock School: em 17 de abril de 1969 Jimi Hendrix telefona para Billy Cox para encontrarem-se no Tennesse, o que acontece no dia seguinte. Jimi diz a Billy para aguardar em Nashville e que o chamará na hora certa. O último show do Experience foi em 22 de junho de 1969, no The Newport Pop Festival. Por isso, Billy Cox não pode ter gravado esta versão.
Esta é a versão lançada no disco
Crash Landing, porém, com Mitch Mitchell e NOEL REDDING, que tinham sido substituídos por Jimmy Maelen – percussão, Jeff Mironov – guitarra, Allan Schwartzberg – bateria e Bob Babbit - baixo. Sob a alcunha de Stone Free Again. Esta versão também saiu em outros 5 lançamentos.
"Inédito" aqui, só Mitch Mitchell e NOEL REDDING (!!!!!!!!!)


2. Valleys Of Neptune
Recorded: Record Plant, New York, September 23, 1969, May 15, 1970
Producer: Jimi Hendrix
Vocal, Guitar: Jimi Hendrix
Drums: Mitch Mitchell
Bass: Billy Cox
Percussion: Juma Sultan

Classic Rock School: as gravações de 23 de setembro de 1969 tiveram a Mixagem 1 lançada nos discos Electric Hendrix Vol 1 (CD Pyramid PYCD 030) e Lifelines (CD Reprise 9 26435-2).
A Mixagem 2 saiu em 51st Anniversary (CD Future Disc JMH 001/8).
A Mixagem 3 saiu em 8 (OITO!) outros lançamentos, tais como Cherokee Mist (CD Triangle PYCD 070), Electric Gypsy's (CD Pilot HJCD 070), dentre outros. Todos eles, lançamentos comerciais.

As gravações do dia 15 de maio de 1970 saíram em 3 lançamentos: Studio Haze (CD INA 6); Multicolored Blues (CD Luna LU 9317); Eyes and Imagination (CD Third Stone TSD 18970).
Todos eles, Bootlegs.

Até agora, NADA inédito...


3. Bleeding Heart
Recorded: Record Plant, New York, April 24, 1969
Producer: Jimi Hendrix
Vocal, Guitar: Jimi Hendrix
Bass: Billy Cox
Drums: Rocky Isaac
Tambourine: Chris Grimes
Maracas: Al Marks

Classic Rock School: mais uma vez Billy Cox posicionado fora da linha do tempo. Não concordo que seja ele.
No disco
Jimi Hendrix: Blues (CD MCA MCAD-11060) , há a gravação de 18 de março de 1969, no mesmo Record Plant.
Ou seja, já havia sido lançada uma versão de estúdio de Bleeding Heart. Ainda continuamos sem nada "inédito".


4. Hear My Train A Comin’
Recorded: Record Plant, New York, April 7, 1969
Producer: Jimi Hendrix
Vocal, Guitar: Jimi Hendrix
Bass: Noel Redding
Drums: Mitch Mitchell

Classic Rock School: idem acima... Esta foi fácil. No álbum
Midnight Lightining, de 1975, já havia sido lançada uma versão de estúdio de Hear My Train A' Comin' (versão de 2 de abril de 1969). Ainda continuamos sem nada "inédito".



5. Mr. Bad Luck
Recorded: Olympic Studios, London, May 5, 1967
Producer: Chas Chandler
Additional bass and drum recording, Air Studios, London, June 5, 1987
Vocal, Guitar: Jimi Hendrix
Bass: Noel Redding
Drums: Mitch Mitchell

Classic Rock School: bom, esta tenho que dar o braço a torcer... Não encontrei registro algum com este nome. Mas é aí que está o pior: esta música nada mais é do que
Look Over Yonder!!! Com direito a tudo igual!
Para piorar, a gravação do dia 4 de maio de 1967, ou seja, VÉSPERA da tal Mr. Bad Luck, foi lançado em 16 (dezesseis!) diferentes álbuns! Todos lançamentos comerciais! E sob o nome de Look Over Yonder!! Por que agora, do nada, resolvem pegar a versão do dia seguinte e resolvem mudar o nome da música?
Lançada anteriormente em Studio Haze (CD INA 6); Electric Gypsy (CD Scorpio 40176/15); Studio Experience (CD Sodium Haze SH 099), dentre outros.

Ainda continuamos sem nada "inédito".


6. Sunshine Of Your Love
Recorded: Olympic Studios, London, February 16, 1969
Producer: Jimi Hendrix
Guitar: Jimi Hendrix
Bass: Noel Redding
Drums: Mitch Mitchell
Percussion: Rocki Dzidzornu

Classic Rock School: é sabido que Hendrix gravou no Olympic nos dias 16 e 26 de fevereiro, sendo que na última, observado pela namorada Kathy Etchingham.
Porém, o registro que possuímos é que Sunshine Of Your Love foi gravada em 26 de fevereiro, e tendo sido "a única versão de estúdio gravada, ela é das fitas de Chas Candler", segundo Belmo e Loveless. Esta versão saiu no álbum Studio Haze (CD INA 6).
Mais uma vez observamos que houve má fé nesta. Ao ouvirmos as duas versões, percebemos que a guitarra é exatamente a mesma. Solos, notas fantasma, tudo!
A bateria foi substituída nesta "nova" versão. Na primeira (verdadeira) versão, a bateria não tem o vigor desta "nova".
Enfim, uma enganação. Basta ouvir a ambas e comparar.

7. Lover Man
Recorded: Olympic Studios, London, February 16, 1969
Producer: Jimi Hendrix
Vocal, Guitar: Jimi Hendrix
Bass: Noel Redding
Drums: Mitch Mitchell

Classic Rock School: esta nem teve graça. É a MESMA Lover Man do Studio Haze. IDÊNTICA! Nem vou perder mais tempo.
Ainda continuamos sem nada "inédito".

8. Ships Passing Through The Night
Recorded: Record Plant, New York, April 14, 1969
Producer: Jimi Hendrix
Guitar, Vocals: Jimi Hendrix
Bass: Noel Redding
Drums: Mitch Mitchell

Classic Rock School: o riff inicial quase lembra Who Knows. Mas o que importa é que esta versão de 14 de abril de 1969 já havia sido lançada em 6 álbuns, porém sem o Throught. Talvez seja o Throught nosso primeiro "inédito"...
Diamonds in the Dust (CD Midnight Beast MBCD 022/23); I Don't Live Today (CD ACL 007); Cherokee Mist (CD Triangle PYCD 070), dentre outros.

Ainda continuamos sem nada "inédito".


9. Fire
Recorded: Olympic Studios, London, February 17, 1969
Producer: Jimi Hendrix
Vocal, Guitar: Jimi Hendrix
Bass, Backing Vocal: Noel Redding
Drums: Mitch Mitchell

Classic Rock School: putz... Tem como Fire ser inédita? Realmente trata-se de uma versão de estúdio, tocada com os climas e nuances que o Experience vinha executando ao vivo. Ótimo. E daí? Cadê o meu material inédito???

10. Red House
Recorded: Olympic Studios, London, February 17, 1969
Producer: Jimi Hendrix
Vocal, Guitar: Jimi Hendrix
Bass: Noel Redding
Drums: Mitch Mitchell

Classic Rock School: realmente, desta não posuímos registro algum. Idem acima. Tocada com os climas e nuances que o Experience vinha executando ao vivo. Ótimo. E daí? Cadê o meu material inédito???

11. Lullaby For The Summer
Recorded: Record Plant, New York, April 7, 1969
Producer: Jimi Hendrix
Mixed By Eddie Kramer
Guitar: Jimi Hendrix
Bass: Noel Redding
Drums: Mitch Mitchell

Classic Rock School: também não possuímos registro, mas basta ouvir para perceber que nada mais é do que Ezy Ryder. Bom, nem merece mais o meu tempo.

12. Crying Blue Rain
Recorded: Olympic Studios, London, February 16, 1969
Producer: Jimi Hendrix
Additional bass and drum recording, Air Studios, London, June 5, 1987
Vocal, Guitar: Jimi Hendrix
Percussion: Rocki Dzidzornu
Bass: Noel Redding
Drums: Mitch Mitchell

Classic Rock School: bom, também não possuímos registro, mas basta ouvir para perceber que nada mais é do que um Catfish Blues.


No bojo, não há material inédito aqui. Apenas músicas maquiadas e relançadas. É uma vegonha o que esta pseudo meio-irmã do Jimi Hendrix está fazendo. Já está deixando o irmão de sangue Leon Hendrix passar fome, sem direito a nem um centavo. Isto é fato. Agora, lançar este disco falando "material inédito", é golpe! Uma farsa! Fraude!
O disco deveria ser vendido como "versões inéditas de músicas já lançadas"...

A uma hora destas, Jimi Hendrix está de bruços no caixão...

Mas...

Sempre é bom ouvir Jimi, ainda mais com esta qualidade excelente. Emocionante!
 
 
 
 
COMENTÁRIO 
Fiquei decepcionado soa como Jimi Hendrix, o cantor empunhando uma guitarra com sotaque texano. Ainda há uns vocais de fundo que eu não concordo e   altos e baixos onde os instrumentos estão uma oitava abaixo e vocal novo em folha - forçação de barra - ainda é necessário fazer uma resenha com os ouvindos - Valeu! Man! Fiquei indignado. Mário Pacheco
 
Articles View Hits
7844093

We have 597 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro