DETALHES FINAIS DA MOSTRA DE ARTES DO PRÓPRIO BOL$O (2012)

‘DO PRÓPRIO BOL$O’: PARA NÃO PASSAR PARA A HISTÓRIA COMO BABACA
Sandro Alves

Enquanto a contracultura estertorava, Do Próprio Bol$o nascia para o mundo da arte. Enquanto as gravadoras navegavam tranquilas em seu mar de infâmias e iniquidade, enquanto o analfabetismo diminuía, a formação de sentidos do povo brasileiro se dava menos pelas escolas e mais pela criminosa e precoce erotização das crianças, promovida pelos programas “infantis” da Xuxa (só para exemplificar), enquanto surgiam tentativas de produções independentes no rock – e na música em geral – brasileira – e a maioria dos envolvidos via, adiante, cifrões no lugar de claves de Sol, enquanto a ditadura terminava e iniciava a longa caminhada rumo à formação de um eleitorado menos drasticamente desorientado, enquanto a grande emissora da TV brasileira encontrava as suas primeiras concorrentes, que produziam um lixo da mesma qualidade em suas programações, enquanto arte, música e, dentro e fora da música, o rock era coisa difícil de emplacar financeiramente, surgia a Realizadora Do Próprio Bol$o. E continuamos...


Detalhes finais da ‘Mostra de Artes Do Próprio Bol$o’

Mandala  sol 

Mandala de Marisa, a estrela da tarde, que veio na segunda-feira continuar a sua instalação. Sol sob o Sol. Trabalho ainda em construção da Marisa. Surpreendente

A poucos instantes da Mostra Final Do Próprio Bol$o, sob chuva: Hugo Pereira e Mário Pazcheco acossados produzem arte Do Próprio Bol$o

Roteiro: improviso total e a pressão de produzir em pouco espaço de tempo

Áudio: Black Sabbath "Paranoid". Curto evento filmado e fotografado. Um dos poucos amigos que acudiram o meu pedido para “fantasiar” o 21 de abril

O Barato d’O Último Show

louco

Guitarras. Rápidas & ríspidas, e cabelos grisalhos e fumarada – nada fake, tudo cru, ao vivo – magia poderosa feita pelo Sol.
Quero ouvir The Mamas and the Papas, Jefferson Airplane, Bad Company, King Crimson, Humble Pie, Free, Taste, Mountain, Deep Purple, Heaven and Hell, Slade, Jimi Hendrix, Syd Barrett, Rolling Stones, Led Zeppelin, Beatles.

The Who, Beach Boys, Mutantes, Patrulha do Espaço, Mopho, Lar de Maravilhas, Jack Estripador, Criaturas da Noite, “Hey Amigo”! LPs inteiros... The Doors, Janis Joplin, Steppenwolf, Itamar Assumpção, Raul Seixas, Santana, Saxon, Picture, Judas, Van Halen, Som Nosso, Uriah Heep, Grand Funk, Jerry Garcia, Status Quo...

Nesta idade, acho que sei identificar problemas. Estou muito velho para aprender a ser político e nunca nesta vida fiz o que queria.

Fico chateado com a discriminação sonora, que não quer deixar Zezinho Blues tocar o seu violão, porque não gostam de roda de violão. Pode Peter Murphy reproduzido ser mais importante, melhor?!

Querem impedir que escutemos rock nacional dos 70s. E nos empurram Einstürzende Neubauten.

Estes sons são o mal de Brasília.

O impiedoso Zéantônio dispara: “Que porra de contracultura é essa, Mário Pazcheco?”

N’O Último Rock, ouviremos “Pro dia nascer feliz”?

Prometo. Nem balas vão parar o Capitão Virgulino, na sua última caçada ao acorde final. Acabou de parar de chover!

Exercito

A camarilha do exército nacional do Rock: João, Capitão Santana, Capitão Virgulino, Zanza, Vanesca Capanella e Capitão ‘Selvagem’

Produtores associados
Capitão Virgulino, da nossa Frente de Rock: fé cega, faca amolada
Final Erosion
Madbutcher Produções
Sandro Alves
Sueli Saraiva
Deusa Barakat
Zanza Meneses
Regis “Rock’n’Roll”
Convidado especial
Rolando Castello Júnior
Exposição
I’m only in It for the money
Carlinho$ Guimarães

Mostra
Mostra fotográfica
Léo Saraiva & Hugo Pereira
Banner fotográfico
Sueli Saraiva, Deusa Barakat,
Diego Agradecimentos especiais
Ao Capitão Selvagem, direto da Zona da Mata, pelo ótimo rango – de sempre –, e pela paciência e dedicação na confecção das tochas. E ainda pelos últimos retoques no piso do palco
João e Capitão Santana, músicos da banda urbana Diferencial Zero, restauraram a iluminação da Mostra de Artes
Mais do que especiais
As meninas, pela candura e dedicação à causa
Cobertura fotográfica
©Ana Luíza Meneses


Último ato – Mostra fotográfica – Num último instante de descontração, a Mostra Fotográfica caminha para a efêmera eternidade.

 

Articles View Hits
7098932

We have 630 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro