Suposto assassinato de Neruda será investigado no Chile

FATOS DO DIA 
SUPOSTO ASSASSINATO DE NERUDA SERÁ INVESTIGADO NO CHILE 

SANTIAGO DO CHILE, 2 JUN (ANSA) - O juiz chileno Mario Carroza assumiu o caso apresentado pelo Partido Comunista (PC) chileno a respeito do suposto assassinato do poeta Pablo Neruda, em 23 de setembro de 1973.
  
A decisão abre uma investigação para esclarecer as circunstâncias da morte do ganhador do Prêmio Nobel de Literatura 1971, informou o jornal La Nación.
  
Segundo a publicação, Carroza receberá uma petição dos procuradores para que os restos de Neruda sejam exumados e submetidos a uma análise de especialistas.
  
Apesar do médico do poeta na época alegar que ele faleceu em decorrência de um câncer, o último assistente pessoal do escritor, Manuel Araya, revelou recentemente que tem certeza que ele foi assassinado pela ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990).
  
Em seus últimos dias de vida, Neruda ficou internado em uma clínica privada em Santiago, que é a mesma em que se suspeita que o ex-presidente Eduardo Frei (1964-1970) tenha sido envenenado.
  
De acordo com Araya, um dia antes do suposto assassinato foi administrada uma injeção que teria provocado a morte do poeta.
  
O juiz Carroza é encarregado também do caso que investiga se o ex-presidente Salvador Allende realmente se suicidou no dia do golpe de Estado que instaurou a ditadura militar no Chile, em 11 de setembro de 1973. (ANSA)


02/06/2011 15:52

© Copyright ANSA. Todos os direitos reservados. 

Articles View Hits
7840012

We have 747 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro