Jerry Rubin: preso mais de 30 vezes!

 

A Contracultura ataca de frente o problema da arte contemporânea e busca conceber uma nova política na linguagem, procurando atingir a mente das massas para essa mesma se expanda e volte para si, concluindo que sem revolução mental não há conseqüentes coletivos.

Intelectuais e acadêmicos influentes engrossam as fileiras do poder da flor, participando desde o início e durante o seu desenvolvimento, como os filósofos: Hebert Marcuse, Paul Goodman, Dwight Mcdonald, Norman O. Brown e especialmente o sociólogo C. Wright Mills e o piscanalista R. D. Laing da corrente da anti-psiquiatria.

Todos estes acadêmicos, exceto McLuhan, teórico da comunicação que defendia a noção da “aldeia global”, criticaram a sociedade técnico-racionalizante dos padrões relacionais, a sociedade do Homem Unidimenisonalizado. Tal sociedade tecnocrática e fria, mecanizadora, eles viam nascer nos Estados Unidos.

"Nem só a tecnologia e a razão; nem só a emoção. Sabem os rosacruzes, com seus triângulos; sabia o saudoso Gene Roddenberry, criador de Startrek: é preciso razão, emoção e consciência (ou ação) para a manifestação perfeita. Seus três personagens principais dele passam essa idéia o tempo todo nos episódios da série e nos filmes. Eu sabia disso desde criança, bem antes de ver Startrek na televisão, porque pensava muito, lia misticismo e ciência. E mesmo praticava ambos. E nunca li os autores que você cita, em 'intelectuais e acadêmicos'. Você encontrará a solução para todos esses problemas - e de um ponto de vista novo, cristalino e que abrange desde o micro até o macrocosmo -, se ler a suprema obra Géa, atentando à Teoria da Biorrelatividade de Clausar e descobrindo como foi que ele a alcançou. Géa é também sociológica e política; é tanta coisa boa, que não merece rótulo algum". (CCDB©). 

Todos eles, juntamente com vários nomes no campo da música, das artes plásticas, do cinema, dos movimentos dos direitos civis etc, criticavam a sociedade americana que julgavam fracassada em suas promessas de liberdade e igualdade, frente às ocorrências na II Grande Guerra Mundial, no conflito do Vietnã e na ação imperialista na América Latina. Condenavam a sociedade contrapondo a ela um discurso de resgate à individualidade ou liberdade do indivíduo. Em geral os movimentos incluíam os jovens de classe média, que possuíam alguma formação em termos escolares ou universitários. Alguns jovens acadêmicos, deram a algumas manifestações um caráter político, ao qual geralmente se opunham, criando um movimento denominado corrente dos Yippies, “o hippie politizado” que atuaram basicamente no ano de 1967 através de duas lideranças: Abbie Hoffman e Jerry Rubin fundadores do YIP Youth International Party (“Partido Internacional da juventude”), em Berkeley.

Seria interessante notar que outras correntes, não raras vezes contraditórias aos princípios dos movimentos alternativos, tiveram espaço neste período também. Seria o caso por exemplo dos: Hell’ Angels que congregava em verdade jovens de tendência fascista, bastante violentos e não muito ligados no tema flor, paz e maor. Por outro, lado movimentos mais próximos também corroboraram, tais como o movimento pacifista de Luther King pela cidadania negra, ou os mais ativistas dos Black Power e Black Panther. E os representantes das minorias como o Gay Power e o Women’s Lib.

1967
Nova York. Estréia "Hair" - o musical símbolo da década. 
Verão
San Francisco é a "fumada" Frisco, a Liverpool americana. Há um bando de freaks, que narcotizados pela filosofia Beat, o espelho para suas sensações marginalizadas, passam a vagar por estradas, pregar o amor livre, protestar contra as guerras, ler hai-kais, viver em comunidade, afiando a consciência entre os desejos particulares e intervenções no espaço coletivo. Além das deliberações sexuais, buscam nos alucinógenos notadamente o LSD, o perceptível passaporte ao inconsciente, almejando extrair uma visão paradisíaca das coisas.
14 jan. 
Golden Gate Park. É organizado o World's First Human-Be-in (o mais famoso congresso-festival do poder da flor). Timothy Leary, Allen Ginsberg, Jerry Rubin (líder dos Yippies, o partido internacional da juventude) e mais ou menos 30 mil pessoas marcam presença para discutir e ouvir o som do Dead, do Airplane e outros. A estridência dos hippies e todos os acontecimentos em Hashbury repercutem em todo o mundo como uma crise moral que ameaça as mais sagradas instituições americanas. A ação da censura e a repressão policial crescem.

Nesse momento a maioria dos agrupamentos políticos de esquerda dos Estados Unidos emprestam sua solidariedade aos hippies da Califórnia. Entre 20 a 60 mil pessoas vêm de toda a América "para uma união de total amor e ativismo político de duas tendências antes separadas por dogmas categóricos". A convocatória para o ato público dizia: "Os militantes políticos de Berkeley, a comunidade hippie de San Francisco, a geração espiritualista da Califórnia e contingentes da geração revolucionária de toda a América se encontrarão no Golden Gate Park para a comunhão de um ideal comum: a união das tribos pela harmonia dos seres humanos". A data escolhida é sábado 14 de janeiro de 1967, dia em que, segundo cálculos esotéricos, a população da terra seria equivalente ao total de mortos da História da Humanidade. 

28 jun. 
Rhode Island. Nos arredores da cidade, tem lugar o chamado Folk Festival, durante um largo tempo centro de reunião da juventude politizada e da canção de compromisso. Nesse dia, a polícia detém à força no recinto do festival, Jerry Rubin, chefe do Youth International Party (Partido Internacional da Juventude) conhecido pela abreviatura Yippies e que substituiu os hippies. Mais tarde, Jerry Rubin descreveu a sua expulsão em revistas semi-clandestinas, como por exemplo em Berkeley Barb:

“Naquele domingo fomos expulsos de Newport, depois, três agentes da polícia levaram-nos rapidamente até os limites da cidade, expulsando-nos e ameaçando-nos que nos prenderiam se tentássemos voltar. Tudo isto se fez sob o pretexto de termos entregue literatura pornográfica a uma freira”.

A freira tinha recebido efetivamente a revista, que Rubin distribuira, na companhia de dois companheiros, com fins publicitários. Mas nela, nada havia que se pudesse considerar pornográfico. De fato, nem a freira se sentiu ofendida. Simplesmente, uma empregada do empresário do festival avisou o seu patrão, George Wein e este ordenou a detenção de Jerry que, um ano antes, tinha sido proibido por aquele de participar no festival.

1968
Jan. 
Um ano depois da grande “reunião das tribos” convocada para o parque Golden Gate, os próprios moradores do Haight realizam o enterro simbólico do hippie, “filho dedicado da mídia”.

Abbie Hoffman processado e perseguido pela polícia desde os "Sete de Chicago" - grupo de jovens radicais acusados de conspirar contra a convenção do Partido Democrata, Hoffman cai na clandestinidade...

“No auge dos anos 60, os dois americanos mais populares nos campi eram Richard Nixon e John Wayne”. (Abbie Hoffman).
Jerry Rubin é preso por conspiração ao ultrapassar os territórios americanos e na Convenção de Chicago oferecer um plano de paz para o Vietnã. Sete acusados (Dave Dellinger, Jerry Rubin, Rennie Davis, Abbie Hoffman, John Froiners Lee Weiner e Tom Hayden) de: desobediência civil, depois de várias apelações o processo ruiu com a queda vertiginosa de Nixon.

Jerry Rubin havia apanhado o microfone e estava passando uma reprimenda em todos os presentes, porque, enquanto eles estavam ali curtindo, se divertindo, três ativistas políticos de Berkeley estavam trancados na cadeia por atirarem pedras.

— Ligue-se, sintonize-se, assuma o comando - gritou ele.

A diversão e a simplicidade dos sintomas da febre do punk rock, impregnam o psicodelismo.

No decurso do Verão, o empresário Bill Graham transfere os seus concertos para o antigo Carroussel.

O San Francisco Mime Troupe, um grupo de teatro guerrilheiro de Ronnie Davis realiza sátiras políticas na rua, coordenando de maneira geral o lado artístico do desbunde, deu nada menos que 124 espetáculos neste ano.
     
Nova York. David Peel lança I Like Marihuana com a banda Lower East Side.
     
1969
Julius Hofmann Chicago judge who presided over the Chicago 8 trial (U.S. v. Dellinger and others), which began September 24, 1969. The Chicago 8 included Dave Dellinger, Rennie Davis, Tom Hayden, Abbie Hoffman (no relation), Bobby Seale, Lee Weiner, Jerry Rubin and John R. Froins. Judge Hoffman ordered Seale gagged and manacled to his chair. In November, Hoffman sentences Seale to 4 years in prison for contempt of court. 

  
John, Yoko e Jerry Rubin

1971
Lennon e o ativista Jerry Rubin reuniram 15 mil manifestantes numa passeata na Univeridade de Michigan. Não totalmente por acaso, a caça real a Lennon começou no mesmo ano do arrombamento e a invasão do escritório do Partido Democrata no Edifício Watergate.

Alguns líderes contestadores da época tiveram um fim inglório. É o caso dos militantes anti-Vietnã Jerry Rubin e Abbie Hoffman, fundadores do Partido Internacional da Juventude, e confortavelmente instalados na iniciativa privada.

Preso mais de trinta vezes por suas atividades, Rubin gostava de desfiar seu currículo nos debates em que participava - pelo preço médio de 1,5 mil dólares - e em seguida acrescentava que não era capaz de sair de casa sem seu American Express. Uma brincadeira com a conhecida publicidade desse cartão de crédito, mas quase um auto-de-fé.

Jerry Rubin, em sua última entrevista ditou a Daniel Cohn-Bendit “Quero ser bem sucedido na vida, e nos Estados Unidos só se dá certo com dinheiro”. Defensor da invasão americana à diminuta ilha de Granada, Rubin considerava que naquele momento era a direita que tinha ideias muito mais interessantes que a esquerda. Ele ganhava a vida organizando recepções para os nova-iorquinos endinheirados.

Co-founder of the Youth International Party. Organized one of the first "Vietnam Teach-Ins" at the University of California, Berkeley campus. About the yippies, Rubin writes in DO IT!: "The secret to the yippie myth is that it's nonsense. Its basic informational statement is a blank piece of paper...the hippies see us as politicos and the politicos see us as hippies. Only the right wing sees us for what we really are...The slogan of the yippies is: Rise up and abandon the creeping meatball!...The yippies want to run naked through the halls of Congress...Marijuana is compulsory at all yippie meetings. Yippies take acid at breakfast to bring us closer to reality. Holden Caulfield is a yippie...The revolution will come when everybody is a Yippie!" 

1980
In the 1980s Rubin worked as a venture capitalist on Wall Street. In 1994, while jay-walking the streets of Los Angeles he was hit and killed by an automobile.

 

Articles View Hits
6961027

We have 769 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro