WIKIPÉDIA, ADRIELE MARCHESINI E O ANARQUISMO (2011)

Wikipedia, eu e o anarquismo

  por Adriele Marchesini

15 jan. / 2011 - A Wikipedia comemora neste sábado, dia 15 de janeiro, seu décimo aniversário. Grande coisa, você pode pensar. Grande mesmo. No ótimo sentido.

E não poderia ter tema melhor do que este para eu iniciar meu blog no IT Web. Para quem não me conhece, prazer, sou Adriele Marchesini, questionadora, curiosa, Geração Y, interneteira, blogueira, twitteira, facebookeira e entre todas essas coisas. Ah sim, nas horas vagas, entre uma coisa e outra, sou editora deste site aqui que você lê, o IT Web. Mas o mais legal é ver tudo isso junto e misturado: web, jornalismo, tecnologia, interatividade, colaboração. Pessoas que jamais se encontrariam em situações físicas, interagindo por meio da internet.

Por isso que fiz questão de criar um blog aqui no IT Web. Para você saber que eu sou gente que nem você, que acerto, erro, tenho opinião e, principalmente, quero ouvir/ler a sua. E não poderia ter um assunto melhor para comentar neste primeiro post do que a Wikipedia, site do qual sou fã.

Lembro-me quando, aos 16 anos, fui incumbida pela minha professora da escola de fazer um trabalho sobre o Nelson Mandela, que dispensa apresentações. Fui feliz e saltitante pesquisar as informações em minha enciclopédia (que, anos antes, quando comprada, custou os olhos da cara) Larousse. E não é que o homem ainda estava preso? Sim, senhoritos. De acordo com a CARÍSSIMA Larousse, ele ainda estava atrás das grades. Dez anos de atraso, minha gente! A Wikipedia já existia, mas eu não existia na Wikipedia. A vida era bem mais difícil, isso eu garanto.

Hoje qualquer um, absolutamente qualquer pessoa consegue informações que antes eram caras demais, difíceis demais de obter, inacessíveis demais. Claro que tudo tem seus prós e contras: com edição livre, qualquer um pode inventar as coisas que quiser e inserir informações erradas no site.

Mas isso não reduz a importância, relevância e, agora, necessidade que a ferramenta nos traz. Grande sacada essa. Prova de que a anarquia pode ser positiva, desde que contemos com o bom senso e objetivo comum das pessoas – não importando nacionalidade, cor, religião e o que quer que seja. Atrás do browser, meu amigo, somos todos iguais. Sem distinção de IP =)

Em entrevista ao Financial Times, o cofundador da enciclopédia virtual, Jimmy Wales, disse que o novo objetivo do Wikipedia é chegar a 1 bilhão de usuários até o ano de 2015, disponibilizando o acesso em outros idiomas e países, como Índia e Brasil. São mais de 400 milhões de acessos por mês atualmente.

Uma notícia da Folha.com, que citou a entrevista de Wales, diz que quase a metade dos US$ 16 milhões que a enciclopédia virtual arrecadou no mês passado terá como destino investimentos em tecnologias como a criação de um segundo banco de dados para facilitar o acesso fora dos Estados Unidos e na Europa. O Brasil deve ganhar um escritório no mês que vem, disse o executivo.

A comemoração do aniversario do site ocorrerá simultaneamente em diversos países. Veja a programação do Brasil aqui, que garante presença também na Campus Party.

É isso, galera. Todo mundo pode fazer. Todo mundo é importante. Todo mundo é necessário. E todos juntos podemos formar uma coisa só, que é essa rede de conhecimento. Que coisa bacana. É o fim das fronteiras.

  
por Adriele Marchesini (que prova a importância da Wikipedia com os links no meio do texto. E olha que foram poucos!)

Articles View Hits
7843327

We have 1416 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro