1960: MIL NOVECENTOS E SESSENTA

Mil novecentos e sessenta
Compilado por Mário Pazcheco

A década se inicia sob a influência do movimento Neoconcreto, fundado um ano antes pelos cariocas dissidentes do concretismo, liderado pelos paulistas. Encabeçado por Lygia Clark e Hélio Oiticica, o movimento forja a arte de Carlos Vergara, Antonio Dias, Roberto Magalhães, Rubens Gerchman. Nos anos 60, a cultura de massa impregna a criação, através da pop art, e a figura é retomada na produção brasileira.

Ismael Nery, passa a ser valorizado com exposições realizadas em São Paulo e no Rio de Janeiro.

• Adrian Frutiger abre seu próprio ateleier em Arcueil, nos arredores de Paris. Frutiger é designer, tipógrafo ilustrados e Escultor e continua em atividade.

21 abril 

É inaugurada a nova capital, Brasília, com sua inovadora arquitetura, uma das mais arrojadas e modernas do mundo.
Nesse mesmo ano, a indústria automobilística já tinha se tornado a maior anunciante do país, com as campanhas da Mercedes, Simca, Ford, GM e Volks.
Entre 1959-60, Bolão toca em vários cinemas do Estado de São Paulo junto com Osmar Milani. Ainda em 1960, ele forma Bolão e Seu Conjunto de Rock e depois Bolão e Seu Conjunto, tocando em boates, bailes e eventos até 1963.

Exposições

Tarsila do Amaral
1960 - São Paulo SP - Contribuição da Mulher às Artes Plásticas no País, no MAM/SP.

Cícero Dias
Volta com maior intensidade à pintura figurativa na década de 1960.
1960 - Washington D. C. (Estados Unidos) - Art in Latin America Today: Brasil
1960 - Recife PE - Pintores Pernambucanos Contemporâneos, na Universidade do Recife
1960 - Utrecht (Holanda), Madri (Espanha), Lisboa (Portugal), Paris (França) e Hamburgo (Alemanha) - 1ª Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa.

Di Cavalcanti
1960 - Cidade do México (México) – Realiza painel sobre tela para os escritórios da Aviação Real
1960 - Cidade do México (México) - 2ª Bienal Interamericana do México, no Palácio de Belas Artes - sala especial - medalha de ouro
1960 - Hamburgo (Alemanha) - Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa
1960 - Lisboa (Portugal) - Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa
1960 - Madri (Espanha) - Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa
1960 - Paris (França) - Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa
1960 - São Paulo SP - Coleção Leirner, na Galeria de Arte das Folhas
1960 - Utrecht (Holanda) - Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa

Lasar Segall
1960 - Amsterdã (Holanda) - Lasar Segall: retrospectiva, no Stedelijk Museum Amsterdam
1960 - Copenhague (Dinamarca) - Lasar Segall: retrospectiva, na Lousiana Art Gallery
1960 - Düsseldorf (Alemanha) - Lasar Segall: retrospectiva, no Kunsthalle Grabbeplatz
1960 - Hamburgo (Alemanha) - Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa
1960 - Lisboa (Portugal) - Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa
1960 - Madri (Espanha) - Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa
1960 - Nuremberg (Alemanha) - Individual, na Frankishe Galerie
1960 - Nuremberg (Alemanha) - Lasar Segall: retrospectiva, no Germanisches National Museum
1960 - Oslo (Noruega) - Lasar Segall: retrospectiva, no Kunstnemes Hus
1960 - Paris (França) - Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa
1960 - São Paulo SP - Coleção Leirner, na Galeria de Arte das Folhas
1960 - Utrecht (Holanda) - Primeira Exposição Coletiva de Artistas Brasileiros na Europa

América

Marguerite, uma mulher à frente de sua época, explica que o filho, Lee Oswald é espião do governo americano.

• Timothy Leary está na Universidade Haward.

• O rock’n’roll entra em decadência, Elvis está no exército, Little Richard cumpre uma promessa e dedica-se integralmente à música religiosa, Buddy Holly e Ritchie Valens morrem no mesmo acidente aéreo numa fria madrugada de fevereiro de 1959. Johnnie Johnson, o pianista ágil, pára de acompanhar Chuck Berry.

• Janis Joplin torna-se admiradora dos blues descobrindo Leadbelly e Bessie Smith, a qual foi responsável pela razão de Janis ter começado a apresentar-se em um barzinho regularmente, acabando por conquistar uma fama local.

• Bob Dylan era aprendiz em seu ofício.

7 agosto

beatnick

Blame these 4 men for the Beatnik horror  
Fonte: Dangerous Minds

john cage

Photo: John Cage preparing a piano in 1960.
Photographer: Ross Welser
Fonte: I bet I can't find 100.000 people who know John Cale!

Inglaterra

Dave Sutch, vocais; Bernie Watson, guitarra; Rick Brown, contrabaixo e Carlo Little, bateria; formaram o Screaming Lord Sutch and the Savages.

2 julho
Eddie Cochran (October 3, 1938 – April 17, 1960) atinge o primeiro lugar nas paradas da Inglaterra com "Three Steps to Heaven".

16 agosto

OS BEATLES NO INDRA CLUB

15 outubro

History was made. (From The Beatles Bible)

Beatles 1960

This was the first occasion on which John Lennon, Paul McCartney, George Harrison and Ringo Starr recorded music together....
Foto: The College of Rock and Roll Knowledge

• Beatles - Allan Williams, o primeiro empresário e Sam Leach: gig promoter

Allam Williams coautor do livro The Man Who Gave the Beatles Away. Williams era proprietário de um clube em Liverpool e na década e 50 conheceu os Beatles. Ele promoveu os Beatles e arrumou contratos para eles em vários clubes, inclusive o de Hamburgo. Williams foi manager dos Beatles, o primeiro diga-se de passagem, até 1961. Em 1977 ele ajudou no lançamento do LP The Beatles Live at the Star Club. No início dos anos 80, vivia de eventos em beatle-convenções na América e Europa.

Cinema

400px_CP0592_11_25

   No início dos anos 1960, caminhoneiros ainda se hospedavam em quartos do segundo andar que não tinham banheiros e estacionavam seus imensos veículos na frente do hotel durante a noite. Arthur Miller decide-se mudar para o Hotel Chelsea, pela privacidade que lhe foi prometida. Parecia ser um lugar fantasticamente afastado do burburinho central, quase uma favela, onde seria pouco provável que alguém o fosse procurar...    Era pouco depois de Marilyn [Monroe] e ele se separarem, e parte da imprensa ainda o perseguia seus passos, de vez em quando buscando novas revelações de maneira um tanto quanto desanimada. Uma amiga com a qual, mais tarde, Arthur Miller iria se casar [Inge Morith] tinha feito fotos para um livro de Mary McCarthy sobre Veneza, e Mary recomendara o Chelsea como sendo um hotel barato, mas decente. Sua amiga, que normalmente vivia em Paris, tinha se hospedado lá durante breves períodos de trabalho na América, e ele achou o lugar surrado e, sem exagero algum, informal. "Ninguém vai incomodar você lá", ela lhe garantiu.

   • Os Desajustados filme com Marilyn Monroe.

   • Zé do Periquito, (1960), produção de Mazzaropi e Ismar Porto.

   • A cruz na praça Para muitos, o lendário A Cruz na Praça, nem saiu do copião, ou foi concluído. Sabe-se que esteticamente relaciona-se com O pátio

Filme contratirado e perdido na alfândega francesa, talvez recuperado na Sala de filmes do Tempo Glauber...
A cruz na praça é o Limite, de Glauber Rocha, o antológico filme de Mário Peixoto que reapareceu décadas depois. Quando Glauber morreu, os jornais fizeram menção a um documentário inédito seu de 1960, intitulado A cruz e a estrada.

  LEIA!

   Referências iniciais

   (José Gatti - Dialogism and syncretism in the films of Glauber Rocha. Monografia, tese DR, University New York/Dep. Cinema Studies. 1995.)

 

 

Articles View Hits
6975592

We have 401 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro