1994: MIL NOVECENTOS E NOVENTA E QUATRO

Em algumas letras, Joni MItchell é bem explícita quanto aos seus sentimentos, mas, em outras, ainda é difícil decifrar o que passava no coração da artista ao compor suas canções. Somente recentemente foi que descobriu-se que a canção "Little Green" falava sobre a filha que Joni deu para adoção, fato que ficou guardado até 1994 (vinte e três anos depois do lançamento do álum Blue, 1971). Neste ano, Joni cedeu uma entrevista para a revista Vogue na qual declarou: "Eu tinha dado luz a uma criança, estava falida, totalmente quebrada. E encontrei Chuck Mitchell, que disse que cuidaria de nós. Eu me sentia um pouco desgovernada... nunca nos entendemos. Fui à casa de adoção e disse 'Não consigo sair dessa situação'".

• Na corte, a viúva de Harrison, Olivia disse: "Quando George e os outros estavam preparando The Beatles: Anthology em 1994 e 1995, fomos procurar suas recordações. Eu tinha guardado quatro de seus passaportes, mas sentimos falta de um... George estava sempre consciente do valor de tais itens, e ele sabia que não tinha jogado o passaporte fora".

• Em 1994, o baterista voltou a trabalhar com Santana e criou uma nova versão da Buddy Miles Express. Durante os últimos anos de sua vida, Miles se dedicou a manter vivo o espírito de Hendrix, através de atos promocionais e participações em tributos em sua memória.

MIL NOVECENTOS E NOVENTA E QUATRO

Compilado por Mário Pazcheco

As vendas da demotape do Projeto Consciência Underground, produzida pelo zine Protectors of Noise, com Os Cabeloduro, Nomes Feios, Alarme, Desakato À
Autoridade, Vernon Walters, Dickheads, Death Slam e Who Fartes?, mais o que foi arrecadado nos shows, foi doação para o Abrigo Zélia Macalão (para idosos).
No verão de 94, também se destacou a banda Nomes Feios, cuja demo apropriadamente foi chamada de Doido e Feio.

227932 402889563139372 519171818 n

Seu Leonel, na foto de Rosângela G. Soares

Zines

ratosnoDF

Resenha dos Ratos de Porão no DF - Zine Cannibal Language n. 1- 1994 ou a cena repressora de Brasília

"Foi assim que saiu Just Another Crime In Massacreland, o disco mais criticado do Ratos de Porão. Com quase tudo cantado em inglês, o álbum era uma cartada arriscada para atingir o mercado externo. "Esse é o nosso disco secreto -é bem feito, mas pouca gente conhece", ironiza Gordo. "Era um álbum para ter boa repercussão no exterior, mas a Roadrunner fez tudo errado. Aliás, a Roadrunner foi uma merda na nossa vida, atrasou nosso lado por muitos anos. Aquela época foi tão ruim que lançamos uma demo e duas revistas (em quadrinhos) para poder manter a banda viva".

Fotografia

1º maio

Quase*
Um europeu pagou em NY US$ 354 mil pela fotografia Negra e Branca, que Man Ray realizou em 1926. O preço não é recorde mundial, pois em 1993 a foto que Alfred Stieglitz fez das mãos de sua mulher Georgia O'Keeffe foi vendida por US$ 398,5 mil. (Folha de S. Paulo). 

Artes

26993353 1595080440586939 2829451944204957309 n

Dezembro

"O Hélio Oiticica morou um ano comigo em Nova York. Em 69 ou 70, veio de Londres e não tinha onde morar, aí ficou lá. No Brasil a gente já tinha feito capas de parangolés porque ele tinha assim uma profunda admiração por mim. Ele me abriu a cabeça para muitas possibilidades da participação do espectador. Então não era um artista ligado nessa coisa: ainda era um pintor, um artista gráfico" Depoimento a Interwiew.

Rubens Gerchman em depoimento a Interwiew

7 janeiro

Nirvana toca no Seattle Arena. Este será o último show da banda nos Estados Unidos.

25 jan.

Jar of Flies é um EP da banda grunge estado-unidense Alice in Chains, lançado pela Columbia Records.

6 fevereiro

Nirvana embarca numa turnê pela Europa.

Março

Glenn Hughes no Bar Black Jack - SP - Grace Lagôa© - Fotógrafa

Maio

Timothy Leary é multado por autoridades do aeroporto Robert Mueller, em Austin, no Texas, por fumar em área não permitida. Ele estava na cidade para dar a palestra How to Operate Your Brain, mas não se intimidou. “Esta lei é uma das muitas tentativas do governo de controlar o comportamento
das pessoas. Estou orgulhoso por quebrar esta lei anticonstitucional”, disse.

4 jun.

13654346 1064362460325409 4082772593487678064 n

O cantor Renato Russo lança o seu primeiro trabalho solo, The Stonewall Concert - Folha de São Paulo.

12 jun.

A ex-mulher de O. J. Simpson e seu suposto amante são encontrados mortos. O caso abala a América.

Segunda semana de junho

As grandes lojas inglesas só estocam em vinil os discos da lista dos mais vendidos. A gigantesca HMV, em Oxford Street, inaugura uma exposição com 30 capas das valorizadas bolachas que cobriram as décadas de 60 aos 80, no declínio do vinil. O texto de apresentação, do ex-artista plástico e guitarrista Jimmy Page, resumiu a intenção da mostra: revelar a fusão da Pop art com o rock. “A união de artes plásticas e música sempre esteve presente em minha vida”, afirmou Jimmy Page, que participa com o lendário Led Zeppelin, que explode na capa de seu primeiro disco. Foram exibidas doze reproduções de capas dos Beatles, afirmando que a cinematográfica do psicodélico Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band foi “a melhor dos anos 60”. O posterior Álbum Branco mostrou o contraste absoluto em relação à melhor capa dos anos 60, com seu “minimalismo monocromático”.
Enigmático, Bob Dylan exibiu o autorretrato que pintou para a capa de um de seus discos, e disse que a figura estranha “representa um pouco das músicas do álbum”. Storm Thorgerson, fundador da Hipgnosis, firma de design responsável pela elaboração da maioria das capas do Pink Floyd, consolidou o visual da era progressiva, ao lado de Roger Dean, que desenhava para o Yes. As capas de Emerson, Lake & Palmer também ajudaram a exibir o lado high-tech do rock progressivo dos anos 70. Foi do U2, com The Joshua Tree, de 1987, a capa mais recente da mostra, cujas reproduções variavam de US$ 150 a US$ 230 para venda.

15 jun.

13557933 1058434274251561 6841340843589907313 n 
Legião Urbana conta a sua história na MTV - Folha de São Paulo

   HENRIQUE BEHR DESCREVE SEU ENCONTRO COM RENATO RUSSO EM BELO HORIZONTE EM 1994

   "Em 1993, eu me mudei de Brasília para Belo Horizonte para mudar de ares, profissionais e existenciais. Eu trabalhava em uma agência de publicidade como diretor de arte no bairro Santo Antônio, perto da Savassi e morava de aluguel no Jaraguá, que fica na Pampulha. Eu andava direto com uns amigos que moraram em Brasília. Dentre eles, o Álvaro Júnior, que na época trabalhava como fotógrafo, grande amigo e figura.
   "Em junho de 1994, o Legião Urbana foi tocar no Parque das Mangabeiras, não se falava em outra coisa na cidade. O meu amigo, o Álvaro, junto com uma amiga de lá, com todo o entusiasmo que só ele tem, chegou sem me cumprimentar: - Cara, bóra lá no hotel onde tá o Legião Urbana, eu sei onde é, bóra lá falar com o Renato Russo!
   "Surpreso e rindo muito, eu disse que ele estava viajando, mas ele insistia. Eu dizia que ia ser muito difícil isso acontecer, ele insistia com seu ritmo elétrico:
   - Cara, vocês se conhecem, ele conhece seu irmão, o Nicolas!
   - Cara, ele nem se lembra de mim, o show é hoje à noite, ele não vai receber ninguém. - Eu dizia, mas ele insistia freneticamente, acabei cedendo só pra dar uma volta na cidade ao fim da tarde mesmo.
   (Editado para este detalhe: Na ida para o hotel, o Júnior descia a mil por hora as ladeiras de BH abraçado ao volante de sua Caravan e olhando pra mim e falando:
   - Cara, a gente vai falar com o Renato, cara!!!
"E eu no banco de trás me segurando onde e como eu podia, rindo eu dizia:
- Olha pra frente aí, rapá! Se liga no trânsito! Senão vai bater o carro, cara!!!) rsrs
"Chegando próximo ao hotel, havia muitos fãs, muita gente, com faixas e seguranças isolando a área na entrada do hotel. Não me lembro de como conseguimos chegar à recepção, quando eu vi já estávamos lá, eu, a nossa amiga e o Álvaro que foi direto para a recepcionista no balcão com a maior cara-de-pau:
- A gente quer falar com o Renato!
- Qual Renato, senhor?
- O Renato Russo, do Legião Urbana!
"Ela e outros funcionários não conseguiram segurar uma risadinha: - Sinto muito, senhor, mas não será possível.
"Mas o meu amigo, não convencido, dizia insistentemente: - A gente é de Brasília, a gente conhece ele, a gente veio de lá só pra falar com ele! (esse último argumento era mentira!)
"O Álvaro insistiu tanto que eu já estava vendo os seguranças incomodados conosco nos olhando de cara feia, mas a recepcionista resolveu ligar para o quarto dele, fingindo, é claro, só para se livrar de nós.
- Senhor, por gentileza, ele não quer falar com ninguém pois o show será hoje à noite e ele quer descansar, me desculpe mas os senhores terão que se retirar.
- Eu disse que não ia ser fácil, cara! - falei.
"Novamente, o meu amigo insistiu com ela, mesmo com os seguranças já se aproximando de nós, após um olhar certeiro dela para eles. Quando estávamos quase saindo do balcão e o segurança quase agarrando o braço do Álvaro, o mesmo telefone toca. Ela atende e olha para nós, tenta disfarçar mas olha para o segurança, que não estava entendendo o que ela queria dizer, e para nós novamente: - Sim senhor, sim, pois não, claro senhor, sim, sim senhor.
"Chamou uma mulher, que devia ser da produção que estava perto dela: - Sim, claro, pois não. - disse ao telefone e chamou outro segurança, dizendo para que nós três o acompanhássemos.
- Eu te disse! Eu te disse! - Dizia o Álvaro com os olhos arregalados para mim e sacudindo meu braço com energia, na maior felicidade. Eu já estava começando a acreditar no que eu duvidava, rindo sem saber se era dele ou do que estava acontecendo, ou dos dois.
"Entramos nós três no elevador com o segurança. Ele nos acompanhou pelo corredor de um andar até uma porta entreaberta, onde o Renato nos esperava, e abrindo a porta para que entrássemos, falou: - Cara, como você cresceu, estou ficando velho... Como vai o seu irmão, o Nicolas?
(Uma vez o meu irmão me levou à casa dele na 303 Sul para comprar uns discos de vinil de rock, é claro, que ele estava vendendo. Era um armário grande repleto de LPs importados de cima abaixo, os quais meu irmão e eu temos até hoje. Outra vez, o Renato foi em casa, quando morávamos na 415 Sul, em 1982, quando meu irmão lançou o livrinho de poesias "Chá com porrada". O apartamento ficou muito pequeno de tanta gente, também foi o pessoal do Liga Tripa, Mel da terra, Paulo Tovar, artistas e tantos outros que agitavam a vida cultural de Brasília naquela época. Muitos ficaram embaixo do bloco, eu tinha 14 anos e lembro que o Renato conversou muito com meus pais. A última vez que nos vimos foi em 1986, quando nós, do Fallen Angel, fomos tocar no Rio de Janeiro no Circo Voador, Teatro Ipanema e Espaço Cultural Sérgio Porto, e andávamos juntos com o pessoal da Plebe Rude, Dentes Quentes e a Legião, mas essa é outra história.)
- Vai bem, Renato. Obrigado por nos receber! - disse eu meio sem jeito, apresentando o Álvaro e nossa amiga que não estavam acreditando que estavam a alguns centímetros dele.
- Ainda bem que vocês chegaram, já estava começando a ficar um tédio aqui sozinho! - ele disse, muito feliz. Logo reparei que na mesa do quarto, entre CDs e outros pertences dele, um pequeno monitor mostrava as imagens da recepção.
Álvaro fez muitas perguntas e a nossa amiga ficava quietinha esperando 'a ficha cair'. Conversamos normalmente sobre muitas coisas como velhos amigos. Renato dizia estar muito triste com a situação do país e decepcionado com o povo brasileiro, enquanto as pessoas comemoravam nas ruas o tetra campeonato da Copa, realizado nos Estados Unidos, buzinando e gritando "É tetra campeão! É tetra campeão!". Ele também nos falou sobre o novo disco solo que estava para sair no ano seguinte, 'Equilíbrio Distante' cantado em italiano (o primeiro disco solo foi 'The Stonewall Celebration Concert', gravado entre fevereiro e março de 1994). "Infelizmente o Álvaro não levou sua máquina fotográfica para registrar o encontro, acho que na hora ele nem pensava nisso, de tanta emoção que sentia. Sei que ele ficou muito feliz em ganhar uma credencial para fotografar o show da Legião bem de perto. Fomos embora quando ele quis descansar um pouco.
Essa história foi um acontecimento que nunca esqueci, não pelo fato do encontro com Renato Russo em si (também), mas do pensamento de achar uma coisa impossível, e ela se realizar de uma maneira quase 'mágica' por intermédio de um amigo 'maluco'." (DEPOIMENTO DE HENRIQU BEHR)

5 julho

Roger Daltrey, do The Who, lança A Celebration: The Music of Pete Townshend and The Who. O disco foi gravado em fevereiro de 1994, durante um show no Carnegie Hall, em Nova York, Estados Unidos, onde a banda fez uma série de apresentações especiais.

O The Who lança a coletânea Thirty Years of Maximum R&B. A caixa com quatro CDs atingiu o 48.º lugar nas paradas britânicas; no mesmo dia, foi lançado um vídeo homônimo, com duas horas e meia de entrevistas e apresentações do grupo.

• The Rolling Stones lança o single "Love Is Strong", uma prévia do álbum Voodoo Lounge.

17 jul.

Itália. A “miss esquerda” Joan Baez não perguntou se o partido era de centro, direita ou esquerda, e canta na festa da Lega Nord, partido nitidamente de direita. Os grandes da canção italiana disseram “não”.

Julho

REAL: O Governo lança o Plano Real.

4 jul.

PRIMAL SCREAM TROCA DANCE MUSIC POR STONES

13-14-15 ago.

O jubileu de prata de Woodstock, principal emblema da geração “Paz & Amor”, foi comemorado em dose dupla, pois ganhou duas reedições politicamente corretas, e muito diferentes do original, no mesmo fim de semana, nos Estados Unidos. O Woodstock-94, organizado pela Woodstock Ventures, que detém a marca, foi realizado em Saugerties, cerca de 160 km ao norte de Nova York. O outro aconteceu a 60 milhas (96 km), em Bethel, 57 km a oeste de Nova York, na mesma fazenda dos “três dias de sexo, drogas e rock’n’roll” de 1969, e chamou-se Bethel-94. As vendas iniciais foram de mal a pior para o Woodstock-94. Até o mês de junho, só tinham vendido 35 mil das 250 mil entradas disponíveis. Bob Dylan, que não esteve no primeiro Woodstock, quando era o líder de sua geração, e todos esperavam que fosse, desta feita compareceu, defendendo um cachê de 380 mil reais. Fez muito bem em defender seu troco (cada um dos 250 mil ingressos postos à venda por telefone custava US$ 135), e não houve nada de errado nisso. Foi um show muito bem pago, como outro qualquer dele.
A confirmação da presença do astro levantou as vendas. O Woodstock-94 foi rotulado de “esdrúxulo e ridículo”, ainda que organizado pela mesma trinca que promoveu a célebre festa. Em 1969, a entrada custava US$ 18.
Mas dois terços dos 600 mil rapazes e moças que apareceram não pagaram um tostão para assistir o festival. Segundo os organizadores, Joel Rosenman, John Roberts e Michael Lang, “foram necessários quinze anos para pagar os prejuízos de Woodstock”. Esses homens ricos não quiseram repetir o erro, e “esqueceram” que tudo que os produtores deixaram de ganhar nas bilheterias foi ganho multiplicado – até hoje – com os direitos do disco e filme.
Com patrocínio da Pepsi-Cola, da Polygram e de outros importantes do “mercado jovem”, e partes transmitidas pela televisão, Woodstock-94 foi um espetáculo com precisão científica e tecnologia de final de século. Superou assim a qualidade sonora e as improvisações que marcaram o Woodstock original. Desta feita, os espectadores foram levados de ônibus ao festival.
Os 3.000 banheiros instalados na área do festival não foram suficientes para atender às necessidades locais e, apesar da vigilância dos 1.300 guardas, que poderiam considerar um simples baseado como contravenção, o LSD foi traficado – sem repressão – no local – por cinco dólares. Nos postos de saúde, com 179 leitos cada, uma equipe de mil e trezentos médicos e paramédicos atendeu as cerca de três mil pessoas. A comida industrializada à venda não foi suficiente.

26 agosto

PRIMO TRÊS CHEGA AO DISCO DE OURO

Setembro

Órfãos: A Fluminense FM acaba.

13 setembro

Fun produzido por Paul Leary músico da banda Butthole Surfers foi lançado em 1994. é um álbum de estúdio do cantor e compositor estadunidense Daniel Johnston. Foi seu primeiro grande lançamento através de uma gravadora, bem como seu único álbum pela Atlantic Records.

24 set.

'JUNTA TRIBO 2' FIM DE FESTA EM CAMPINAS

13 outubro

trio

   Paulo Zinner, Xando Zupo e Coquinho, Feira de música - SP - Grace Lagôa© - Fotógrafa

   1.º novembro

   A performance acústica do Nirvana é lançada como MTV Unplugged In New York. Duas faixas que não foram colocadas no ar pela MTV aparecem no álbum.

   Novembro

   Fernando Henrique Cardoso é eleito presidente.

  Impressos

   No livro Amando Garbo: A História de Greta Garbo, Cecil Beaton e Mercedes de Acosta, publicado nos Estados Unidos, seu biógrafo Hugo Vickers conta que Cecil Beaton e Greta Garbo mantiveram relações sexuais intensas.

    Londres – uma das sensações do verão inglês está nas livrarias. Aos 47 anos, Marianne Faithfull lança o livro de memórias Faithfull, escrito com ajuda de David Dalton. A cantora não esconde seu passado de aventuras lisérgicas, situações que muitas pessoas imaginam como roteiro de um filme de rock dos anos 60. Sua relação com os Stones começou depois que Mick e Marianne assistiram a um show de Ike e Tina Turner, em 1966.
Ficaram juntos por quatro anos, e separaram-se poucos meses depois do maligno Altamont. A biografia chega às livrarias depois de Marianne ter encontrado o refúgio que sempre sonhou: uma propriedade de mil acres a meia-hora de Dublin, Irlanda. Ela conheceu a casa, onde mora há vinte anos, numa “viagem de LSD”. “Vi a casa pela primeira vez com Mick e Marina Guiness, mas não conseguimos entrar. Ficamos olhando pela janela, e eu dizendo comigo mesma: este ácido é fantáááástico”, narra ela.
 
Não se sabe se o efeito das drogas chegou a tanto, mas a verdade é que Marianne embaralha tudo no trecho em que fala de sua passagem pelo Brasil, com Mick Jagger. Reescreveu o litoral brasileiro ao afirmar que foram a um lugar estranho, a Bahia, que fica “na costa norte do Rio”. Na Bahia, teriam participado de um ritual sagrado “chamado Santeria”. Assim como confundiu Rio e Bahia, trocou Brasil por Cuba. Santeria é uma espécie de macumba da terra de Fidel Castro. “Após algumas semanas, decidimos ver o que mais o mundo tinha a nos oferecer. Pegamos um voo para o Rio de Janeiro. Primeiro ficamos em Copacabana. Nunca saímos do hotel antes da noite, quando ficava mais frio. Então saíamos para beber champanha e comer caviar. Depois de algumas semanas, percebemos que não era aquilo que nós procurávamos. Encontramos um casal de negros de Nova York, que nos contou sobre um lugar estranho e selvagem, na costa norte do Rio, chamado Bahia. Fomos para lá. Na primeira noite, ficamos muito loucos, e fomos assistir a uma cerimônia religiosa chamada Santeria, que era organizada na igreja principal de uma cidadezinha. A fachada da igreja estava toda iluminada, como se fosse um teatro do East End. Danças selvagens e tambores. Não havia nenhuma pessoa branca na festa. Nós parecíamos a família sagrada. O Mick estava com barba e tinha o cabelo muito grande.
Eu carregava uma criança. Alguma coisa aconteceu... E as pessoas começaram a ficar com raiva de nós. Tivemos que fugir do lugar. Sempre achei que esta experiência levou Mick a usar samba como base para a música ‘Sympathy For The Devil’”.

“Era como se um deus do Olimpo estivesse vindo até mim.” (De seu relacionamento com Bob Dylan).

• George Martin lança o livro, Summer of love (Published by Macmillan, 1994 and published again by Pan 1995).  In Summer of Love George Martin takes us down to the magical fantasy land that is Pepper, and inside the inspired creative process of his work with the Beatles. Song by song, track by track, 'Lucy in the Sky with Diamonds', 'She's Leaving Home', 'A Day in the Life,' 'Within You, Without You', the album comes alive.
Affectionate, funny and often moving, Summer of Love gives us a whole new take on George Martin's extraordinary relationship with the world's best ever band.

• Flávio de Carvalho – O comedor de emoções, J. Toledo. Editora Brasiliense/ Editora UNICAMP.

Winterverno, autor Paulo Leminski.

• Em 1994, ainda vivendo modestamente, Allen Ginsberg vendeu os seus arquivos — originais dos poemas, cadernos de notas, ensaios — para a Stanford University por US$ 1 milhão. Mas, deduzindo os impostos e a comissão de seu agente, desse dinheiro sobrou apenas o suficiente para comprar um pequeno apartamento nova-iorquino. A renda obtida com as vendas de suas fotografias passou a alimentá-lo até o final de sua vida, três anos mais tarde.

20 abril

Homenagem
A cidade de Merano, no Alto Adige (Norte da Itália) confeccionou um inseto de metal cromado de oito metros para homenagear os 70 anos da morte de Franz Kafka (3 jul. / 1883 - 3 jun. / 1924). O escritor tcheco morou na cidade durante três meses. (Folha de S. Paulo).

Maio

• Jan Kerouac, a filha do escritor Jack Kerouac, entra na Justiça americana para provar que foi trapaceada – ao não ser incluída em um testamento como herdeira do pai. Jan Kerouac afirmou que o testamento de sua avó, e herdeira da maior parte do patrimônio do escritor beat, Gabrielle Kerouac, foi forjado por Stella Sampas, a terceira mulher de seu pai. O advogado de Jan, Thomas Brill, sustentou que exames grafotécnicos comprovaram que o testamento de Gabrielle deixando sua herança para Stella é uma fraude. Jan Kerouac não havia contestado o testamento, até tomar conhecimento, no início deste ano, de que a família de Stella Sampas, morta em 1990, estava “dilapidando o patrimônio” do pai, segundo afirmou em entrevista. Jan Kerouac não contesta o testamento pelo dinheiro, mas para honrar o desejo do pai de deixar seus trabalhos para escolas e universidades.

• É lançada a Revista Cultural Vozes – volume 88, ano 88 n.º 2, com o texto de Luiz Nazário, crítico, pesquisador e historiador, intitulado Fassbinder e a Morte.

zzz2075

  Dicionário de Escritores de Brasília – autor Napoleão Valadares. André Quicé Editor.

Viva Alternativa, jornal independente, dirigido por Ary Pára-raios, encerra as atividades.

CONVITE

Setembro

Começo a colaborar no tabloide Intelligentsia.

16 set.

George Martin trata Gershwin com carinho (Folha de S. Paulo)  

17 outubro

É lançado Avant-garde na Bahia, do poeta e antropólogo Antônio Risério. O livro estuda as manifestações culturais ocorridas em Salvador no final dos anos 50 e início dos 60. “Glauber já era o garoto que absorvia essa atmosfera e a transformava em ação dirigindo jograis, curtas-metragens e o suplemento cultural do Diário de Notícias, procurando de forma exigente extrair o máximo da situação, quando Bethânia e eu chegamos.” Prefácio onde Caetano Veloso fala da cena de Salvador.

22 out.

A morte na poesia de Faustino (Ramsés Ramos - Correio Braziliense, 22 out. / 1994).
"A Morte é a senhora da poesia de Mário Faustino. Sua morte é a redenção da sexualidade de sua alma." (Ramsés Ramos)

Discos

O disco Primus Inter Pares é finalmente lançado pela Patrulha do Espaço.

• Lanny Gordin grava com Chico César.

• Os Paralamas do Sucesso lançam Severino.

• CCDB não produz mais instrumentos ou aparelhos de som, pôs de lado sua carreira de áudio no apogeu. Seu último trabalho foi a supermesa de som CCDB 44.

• Algumas das últimas gravações de Jerry Garcia foram lançadas em Blue Incantation, álbum do guitarrista indiano Sanjay Mishra. Os dois se conheceram neste ano, por meio de Deborah, viúva de Jerry.

Shows

The Band reaparece no Woodstock-94, em um show de mais de duas horas, com a participação de convidados especiais: Bruce Hornsby, Bob Weir e Roger McGuinn.

21751388 1476706545757663 3027325153137804078 n

Desenhos

AS NOVAS AVENTURAS DE BATMAN 

Imagens corridas e tremidas

 Robert Crumb abre as portas de sua casa a um amigo de longa data, o cineasta Terry Zwigoff, que entrevistou sua mãe, irmãos, mulheres e namoradas. O relato da obra e do criador é feito de modo honesto e cru pelo cineasta. Mas os pesadelos ainda não haviam acabado. Charles, seu irmão esquizofrênico, com quem havia começado a desenhar e editar gibis nos anos 60, se suicida, pouco depois de terminadas as filmagens. A nova onda conservadorista americana fez Robert Crumb trocar a sua fazenda na Califórnia e montar uma banda – para tocar música tradicional como aquela da década de 20 – no sul rural da França, onde mora atualmente (“em uma casa que trocou por uma pilha de desenhos”) com sua esposa e filha.

 “Começo a filmar em vídeo, e me lembro de um flash escuro da seleção campeã da Copa de 94 desfilando no Eixo; um sorriso do Virgílio na banheira, a entrada da minha casa na chácara, e corta! Marssal ao vivo no Guará, num galpão de uma revendedora de carros. O engraçado é ver os rostos e expressões rejuvenescidas dos amigos e o impacto da apresentação da banda nas pupilas.” (Pazcheco)

• Drug-Taking and the Arts (baseado na novela "A Scanner Darkly" de Philip K. Dick). "It is directed by Richard Linklater (Slacker, Dazed and Confused, School of Rock) and stars Keanu Reeves, Winona Ryder, Robert Downey Jr. and Woody Harrelson. Linklater is using a more sophisticated version of the 'rotoscoping' animation technique that he debuted in 'Waking Life'. This is shaping up to be the most faithful adaptation of a Philip K. Dick novel or story to date."

Março

Rio de Janeiro. Os trinta anos de exibição do filme Deus e o diabo na terra do sol são lembrados no CCBB – Centro Cultural Banco do Brasil, com a mostra Glauber Rocha – Um Leão ao meio-dia, retrospectiva de filmes do cineasta, com a exibição de 63 desenhos, fotogramas ampliados e fotocopiados de Deus e o diabo na terra do sol, vídeos Que Viva Glauber! (Aurélio Michiles) e No Tempo de Glauber (Roque Araújo), e uma série de palestras com Geraldo Sarno, Cacá Diegues, Ismail Xavier, Eduardo Escorel, Sylvie Pierre e Georges Ulmann.

Abril

 Yardbirds – Vídeo lançado pela Warner reconstitui através de entrevistas e cenas de tevês europeias a trajetória da banda. Os depoimentos não conseguem esconder uma forte dose de saudosismo, e se divertem em falar mal do diretor italiano Michelangelo Antonioni e da cena inglesa. Se o vídeo traz mais discursos que canções, o que fica são as performances do vocalista Keith Relf, e a dívida tanto do psicodelismo quanto do rock pesado com os Yardbirds.

Maio

"Fassbinder e a Morte"

1.º a 26 junho

São Paulo. A mostra Glauber Rocha – Um Leão ao meio-dia é apresentada no Mis – Museu de Imagem e Som.

4 agosto

São Paulo. O cineasta italiano Michelangelo Antonioni, 82 anos, desembarca para uma retrospectiva de suas melhores obras – entre elas, A Noite (1960) –, no Festival de Gramado.

13 ago.

Brasília. Exibição pública do curta-metragem Di-Glauber, no I Festival de Cinema do Gramado.

Setembro

O jornal francês Libération, em crítica positiva, classifica a cineasta Susana Moraes, primogênita de Vinicius de Moraes, de “herdeira cultural de Glauber Rocha”. Na ocasião, exibia-se Mil e Uma Noites no Festival de Veneza. Na verdade, trata-se de um lugar-comum. “Todos os cineastas brasileiros atuais somos herdeiros do marco que foi Glauber.” Susana Moraes achou o máximo o reconhecimento europeu.

14 out.

Helena Ignez perde – ou teve roubado – um calhamaço de valor afetivo inestimável com cartas (entre elas aquela em que Glauber despede-se da atriz, ao fim do casamento), poemas (um feito para ela, após o primeiro encontro) e bilhetes, escritos de 1958 a 1963. Os papéis, guardados numa valise, estavam no bagageiro de um ônibus da Viação Itapemirim. Sem vaga num voo direto de Salvador ao Rio, ela decidiu seguir pela estrada até Vitória, onde deu por falta da valise.

Novembro

A prefeitura de Sintra, em Portugal, batiza uma rua com o nome do cineasta.

• No Brasil, a Rua Glauber Rocha é uma viela principal na favela da Ilha, em Sapopemba, zona leste de São Paulo.

Obituário

6 fevereiro

Morre Jack “King” Kirby, o desenhista de quadrinhos e cocriador do
Universo Marvel, ao lado de Stan Lee. Ele tinha 78 anos.

9 março

Morre Charles Bukowski, o cronista dos amores loucos. Leucemia mata aos 73 anos (1920-1994) um dos mais famosos escritores e poetas do underground norte-americano. Ele estava internado em um hospital, sofrendo de leucemia. Mas a causa imediata de sua morte foi pneumonia.

Sexo, álcool e puro horror ao rock’n’roll

Manoel Henriques Carlos – 11 mar. / 1994

Charles Bukowski frequentou os mesmos bares e recitais da chamada Geração beat de Jack Kerouac e William Burroughs e Gary Snyder ou Gregory Corso, mas não tinha o hábito de contar para eles seus poemas nem de pagar-lhes rodadas de bebida, como equivocadamente foi pintado, quando apareceu, há cerca de dez anos, para o público brasileiro.

MORRE BUKOWSKI, O CRONISTA DOS AMORES LOUCOS

8 abril

zzz1212

Kurt Cobain, então com 27 anos, é encontrado morto com um tiro na cabeça em sua casa em Seattle, nos Estados Unidos. Acredita-se que ele tenha se matado no dia 5 de abril, depois de consumir heroína. Kurt Cobain, vocalista e guitarrista dos Nirvana era uma das mais carismáticas figuras do rock dos últimos 20 anos, O músico ter-se-á suicidado a 5 de abril de 1994, sendo encontrado sem vida na sua casa de Seattle três dias depois.

O túmulo do Sérgio Sampaio

   15 maio

   Morre, o cantor e compositor Sérgio Moraes Sampaio (Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo, 13 de abril de 1947 — Rio de Janeiro, 15 de maio de 1994). Sérgio Sampaio mergulhou no ostracismo até sua morte. Morto, ele foi enterrado num jazigo provisório no Cemitério São João Batista, no Rio. Em três anos, seus ossos foram “desalojados” e a família convocada para ir buscá-los.
   O epílogo
   1994: Convite do selo paulista Baratos Afins para gravação de um CD de inéditas. Abril: aniversário no Rio com presença de amigos como Sérgio Natureza, Chico Ca­ruso e Luiz Melodia. Maio: internação no CTI do Hospital IV Centenário com crise aguda de pancreatite. Sérgio falece às 5 da manhã do dia 15 de maio.

   Agosto

   Morre Geni Stefanin, atriz. (1953-1994).
   "Não importa que escolha você faça, desde que ao caminhar por esta estrada o seu compromisso mais importante seja consigo mesmo, com seus próprios sonhos. Assim os obstáculos sumirão, como por encanto. (Geni Stefanin)

   7 outubro

   Maurício do Valle, o intérprete de Antônio das Mortes, morre aos 66 anos.



   • Morre, em Paris, Roberto Pontual, crítico de artes plásticas do Jornal do Brasil entre 1977 e 1980. 

   28 novembro

   In 1994, while jay-walking the streets of Los Angeles Jerry Rubin was hit and killed by an automobile.

 

Articles View Hits
7250040

We have 547 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro