DO PRÓPRIO BOL$O, 37+1 ANOS DEPOIS

ANO 37+1 DC

10 abr. / 2020 – O zine é um buraco sem fundo. Uma bebida engavetada clandestinamente. No zine não falta poesia e mata borrão. Reflitamos que o zine seja atemporal.

Fiz de fato, zines com 400 páginas e capa dupla colorida. Claro que era uma edição de luxo cuja impressão não passou de duas dezenas. Essa revista underground, virou um CD-Rom, depois este site e atualizando para ressalvar o conteúdo aqui apresentado será necessário um DVD ou um pendrive de equivalente tamanho. As águas do zine me fizeram aportar no porto seguro dos PDFs e dessa escotilha passamos a escoar os documentos com uma aura de "seguro" e a gravitar na órbita de sites especializados neste tipo de documento.

"Despretensioso. Talvez seja a palavra que melhor se encaixe no significado de um fanzine. Ferramenta de difusão gráfica de baixo custo e produção independente, os fanzines foram amplamente divulgados a partir da década de 60 com os movimentos de contra-cultura europeus e norte-americanos. A popularidade de um fanzine se media de acordo com a cena musical que ele cobria." (ROBERTA VIANA DA SILVA)

DO PRÓPRIO BOLSO INVESTIU NA PRÓPRIA HISTÓRIA

A pedra do gênesis no buraco da sola do sapato

De Teresina (PI), Novä. De Canoas (RS), Dall. O site é seguido pela cena indie, do Nordeste ao Sul do Brasil. Também acompanha alguns artistas de ontem e de hoje da cena do Sul.

A rica história cultura de Brasília, ainda no 70s, antes do rock Brasília. O monumento erodido, O Balão e a clássica e progressiva Tellah que cantava em português. Revive: Grana, Fama & Você,  Filmagem do rock Brasília atravessou,o brilho da Cássia, o fiasco da Legião, Sola Cécé! Sola.

Apoia bandas da capital, Ju e os Ipês,  e galerias como A Pilastra. Manifestações, Melherau e festivais como o FICA.

Momentos históricos

Sting no Guará 2! (1989)

• O guerrilheiro Carlinho$ Guimarães não esperou pelo 7 de setembro

• 2 caem antes do show dos Mutantes em Brasília, em 1973!

 Som Nosso de Cada Dia no DF, em 1975

História da banda Os Mamíferos chega aos cinemas

 Em Brasília, Os Mutantes e O Terço homenageiam Os BeatlesEm Brasília (1977)

A fantástica discografia pirata dos Beatles (parte 2)

 A fantástica discografia pirata dos Beatles fantástica discografia pirata dos Beatles (Amiga, Big Boy)

Filosofice, a mola mestra

Filosofia felina

...E tudo é Vanitas Vanitatum (Vaidade das vaidades), despreendendo-se na corrente etérea dos deuses.
Caprichos involuntários da razão, navegam em ondas lacrimais oníferas.
A renúncia abnegada desta vida, estremece ao contato ilusório desta terra.
E toda ânsia de vencer um dia, tomba aos escombros do desejo vão. A primavera poupa a Margarida.

Medalhões

Acredito piamente que os medalhões sempre tiveram seus espaços e fãs demais e bibliotecas vastas. Não me imagino dando cobertura a eles até o fio da meada. Por isso prefiro as medalinhas e, não publicar notas comemorativas ou datas festivas, natalícias e de obituários.

Fiquei sem ideias para reexpor e debater o mecanismo independente, Do Próprio Bol$o, modelo 1982.

Naquele ano, saiu o n.1, na sexta-feira, da Semana Santa, de abril. Chamou-se Oldies but Goldies, um título, ligado à enciclopédia de cinema, mas não vingou. O n.2, também não vingou. Em dezembro de 1982, saiu Give Peace A Chance, um peuqeno especial para John Lennon. E, pisamos na Lua. Tínhamos duas, três matérias nos jornais, e o nome Jornal do Rock, fora falado na Tv. Isto quer dizer que nós que nunca sairíamos nos jornais, estávamos abafando. Porém, quando surgiu a pressão do dinheiro, o barco ficou vazio. Naquele momento, ninguém tinha ido alem do Segundo Grau.

– Esse lance, de tabloide, de panfleto. 
– É muito pra mim!

Então, de 1982 a 1989, continuei fanzine, faltavam selos, envelopes, mas matinha-se xerox e grampeador, cortesias de Muniz, Rolldão e Fran R. Na Vidraçaria, na QE 32, quem aparecesse, era escalado para intercalar o zine.

Sapiens Antimácula Durangos da América Maria Sabina e a Peia  Lya. o recente clipe de Bruno Z, são seis produções do quadradinho.

O EVENTO 37+1 ANOS ENCAROU DUAS DATAS

flyer g

O propagandista e baterista Eduardo Pinto faz a face da propagação e selos de comemoração e impressões digitais.

Andy-WARHOL-Mick-Jagger-1431502031378  memorias 

 O QUE VEM, O QUE SERÁ

Resenha para o livro, Sonho de um Roqueiro Socialista, de A. C. Barbieri. Coluna, Ponto de Cultura com os 60 Anos de Brasília. E a tentativa final da conclusão do PDF, Livro dos Acólitos Para Andy Warhol, no momento com mais de 900 pgs. E no campo da imagem e do som, a estreia do aguardado clipe de, "Five", a nova música da banda jovem-pauleira,  Abismo, com mais de 5 minutos de duração.

Articles View Hits
8502879

We have 1679 guests and no members online

Download Full Premium themes - Chech Here

София Дървен материал цени

Online bookmaker Romenia bet365.ro