Da estética da fome à vontade de comer Glauber Pedro de Andrade Rocha o último antrópofago brasileiro

glauber_rocha

DA ESTÉTICA DA FOME

À VONTADE DE COMER

GLAUBER PEDRO DE ANDRADE ROCHA

ÚLTIMO ANTROPÓFAGO BRASILEIRO

  • Declarações e estrondos de Glauber Rocha
  • Glauber Rocha: Último Antropofágo Brasileiro!
  • Glauber Rocha: O Visionário Desembarca no Saguão de uma Sala de Cinema num Sábado Cinzento em Paris
  • Um lindo lugar
  • Glauber Rocha: últimos meses do cineasta
  • Carta-testamento
  • Diplomata brasileiro relata nota da junta
  • Glauber Morto (Ferreira Gullar)
  • Imagens em movimento
  • Reprises
  • Glauber Rocha: Uma Estética da Fome
  • Alguns raros versos de Glauber Rocha
  • Bad movie ou saudades do Maciel
  • Abaixo a mistificação
  • Trecho da peça Jango
  • Pasolini o Cristo Édipo
  • Rogério Sganzerla: Necrólogio de um gênio
  • Assassinato de Glauber
  • Amigos arcaicos
  • — Biriba é pau!
  • Tristeval de Brasília do mau cinema brasileiro
  • Golbery, um gênio
  • — Até o Golbery queria saber o que o Glauber estava dizendo
  • — Golbery e Glauber conversavam muito!
  • Muitos falaram de Glauber Rocha
  • Glauber Rocha, uma retrospectiva 1981-2006
  •  

    Hoje dia 22 de agosto de 2011 (30 anos da morte do cinesta Glauber Rocha) estamos realizando o Ciclo Glauber Rocha.

    Isto quer dizer descolonização, pluralidade e rebeldia. Registramos fotos, pensamentos e dentro do possível fizemos uma homenagem digna ao leão do meio-dia.

    A Rocha que voou em Brasília (Mário Pacheco)

    Trinta anos depois; minha investigação jornalística sobre a obra e vida do cineasta Glauber Rocha desbundou para um roteiro udigrudi - aliás o termo udigrudi teria sido criado por Glauber Rocha.

    Esta dinâmica biografia DA ESTÉTICA DA FOME À VONTADE DE COMER GLAUBER PEDRO DE ANDRADE ROCHA ÚLTIMO ANTROPÓFAGO BRASILEIRO começa pela própria voz de Glauber Rocha que  narra os fatos mais marcantes de sua vida notoriamente marcada por confrontos e insatisfações.

    A origem desta biografia está no cerne de sua última realização o longa metragem  “A Idade da Terra”, como na sala montagem entremeio do fim para o início estabelecendo um rigor cronológico, citando o surgimento do filme às suas possíveis locações e sua realização.

    Tudo o que está escrito foi vivido e confrontado muitas vezes com personagens que participaram dos fatos.  Quando este processo ainda me interessava gravei entrevistas em vídeo e cassetes. Muitas vezes fui tirado de foco ao confrontar os personagens que não hesitaram em reescrever a história, mantive esta versão por achar que suas palavras teriam mais valor do que as impressas uma vez que eles  discordavam do material impresso.

    Você colide em alguns documentos oficiais que consegui visitando  arquivos, bibliotecas, Cedocs, filmotecas, redações, emissoras e universidades, foram 20 anos neste ofício. Espero contribuir para a lacuna dos últimos anos em relação a ausência de  livros sobre o pensamento e a forma como Glauber Rocha agitava a cena cultural brasileira.
     

    Articles View Hits
    8497737

    We have 402 guests and no members online

    Download Full Premium themes - Chech Here

    София Дървен материал цени

    Online bookmaker Romenia bet365.ro